Como o hábito de reclamar afeta a sua saúde mental

O hábito de reclamar não é muito saudável para a saúde da mente e a do corpo. Além disso, pessoas “reclamonas” afastam amigos e familiares e perdem oportunidades de formar novos vínculos afetivos em razão de sua negatividade.

Todavia, o ato de reclamar é mais complexo do que se imagina. Ele é motivado por diversos fatores, não somente pelo desejo de autoexpressão.

Continue lendo
Como lidar com imprevistos no trabalho sem estresse

Imprevistos acontecem o tempo todo. Por mais preparado que você esteja para enfrentar o dia ou uma situação em particular, acontecimentos inesperados podem mudar os seus planos. Quando as coisas saem do controle em suas vidas pessoais, as pessoas já ficam desesperadas. Imagine, então, quando o mesmo acontece no trabalho.

Muitos eventos repentinos podem acontecer no ambiente profissional, portanto, é preciso ser resiliente para não deixar o estresse tomar conta.

Continue lendo
Desânimo pode ser sinal de depressão

O desânimo é uma sensação desagradável que ninguém gosta de sentir. É intensa a ponto de retirar a graça de atividades e interesses amados. Além disso, é um sinal comum de depressão.

O que é desânimo?

Desânimo é o sentimento que traz você para baixo e o deixa sem vontade de concluir os seus afazeres habituais.

O trabalho, as tarefas domésticas e quaisquer obrigações se tornam extremamente cansativos da noite para o dia. Do mesmo modo, os seus compromissos que geram lazer, como saídas com amigos, cursos, esportes e reuniões familiares, deixam de ser interessantes.

Continue lendo
A importância de ter um hobby para a saúde mental

Ter um hobby é mais importante – e agradável – do que você imagina! Dedicar o seu tempo para uma atividade prazerosa pode mudar a forma como você enxerga o seu trabalho, o seu relacionamento e até a si mesmo.

Tudo isso graças à sensação de bem-estar ocasionada por cultivar um passatempo.

Como ter um hobby melhora a saúde mental?

Antes de falar sobre hobbies (ou passatempos) é necessário falar sobre os pilares da saúde mental. Para mantermos a nossa mente sadia, precisamos dedicar tempo para o físico, o emocional, o social, o espiritual, o financeiro e o profissional.

Continue lendo
7 benefícios do yoga para a saúde mental

Trazido diretamente da Índia, o yoga se popularizou drasticamente nos últimos anos e muitos brasileiros são adeptos da prática regular. É considerada uma atividade física diferente das demais por tratar o corpo e a mente como um só.

Por isso, é uma escolha ótima para quem visa cuidar da saúde mental. Pessoas ansiosas e com síndrome do pânico, em especial, encontram a tranquilidade tão necessária para o seu estado emocional com a prática. Todavia, não deve substituir tratamentos formais!

Continue lendo
Como praticar o desapego e recuperar a liberdade

Você é uma pessoa desapegada ou as pessoas, as situações e os objetos às vezes lhe mantém refém? A palavra desapego quase sempre é interpretada como algo negativo.

Confundido com frieza, indiferença ou até atribuído a um distúrbio da mente, o desapego não costuma ser um objetivo viável para a maioria.

Mas o que realmente significa ser uma pessoa desapegada? É melhor ou pior que ser uma pessoa apegada emocionalmente? Neste post, vamos debater sobre os pontos positivos e negativos do desapego.

Continue lendo
Charme: o que torna as pessoas charmosas?

Você já percebeu que algumas pessoas parecem ser hipnotizantes? Elas atraem olhares facilmente, sem precisarem fazer esforço. Graças às suas qualidades, são apreciadas por onde passam e permanecem na memória.

Mas, qual é o segredo delas?

Não tem nada a ver com encanto ou magia. A maneira como fascinam os outros está relacionada ao charme! 

Continue lendo
Quando o orgulho se torna doentio?

O orgulho é um sentimento difícil de decifrar. Ora é bom ora é ruim. Embora não pareça, existe muita diferença entre estar orgulhoso de quem você é e ser orgulhoso a ponto de fechar os olhos para tudo além de você.

A segunda situação denuncia o adoecimento desse sentimento, o qual pode trazer sérios prejuízos emocionais e psicológicos.

Existe orgulho bom e orgulho ruim?

O orgulho é um sentimento inerente aos seres humanos. Está presente em todos nós, sem exceção, em menores ou maiores quantidades. Corresponde à satisfação sentida perante as nossas conquistas e realizações ou de pessoas que amamos. 

Continue lendo
Apatia: como eliminá-la e recuperar o gosto pela vida

Você já conheceu uma pessoa que aparentava estar desinteressada pela vida? Ou já passou por essa experiência você mesmo? O nome para essa indiferença normalmente avassaladora é apatia, segundo psicólogos.

Além de indicar um problema mais grave, esse estado de insensibilidade emocional causa estagnação e incapacidade de aproveitar os momentos mais gostosos da vida. 

Continue lendo
Fim de ano: como lidar com resoluções não cumpridas

Quando o ano chega ao fim, é comum as pessoas refletirem sobre as resoluções definidas no fim do ano anterior. O clima de recomeço proporcionado pela virada do ano incentiva centenas de indivíduos a estabelecerem metas para melhorarem as suas vidas nos próximos 365 dias.

As resoluções são variadas: “Este ano vou tirar meu sonho do papel”, “Este ano eu vou emagrecer”, “Este ano vou ser mais disciplinado” e “Este ano vou comprar um carro novo”. Elas envolvem tanto conquistas materiais quanto emocionais ou comportamentais.

Continue lendo
Meditação: o que é e como dar início a prática?

A meditação tem ganhado cada vez mais popularidade no Brasil. Os benefícios de silenciar a mente estão sendo compreendidos e vivenciados por um número maior de pessoas. A prática ajuda a reduzir a ansiedade e o estresse. Consequentemente, os momentos de felicidade no cotidiano aumentam.

Em outras palavras, é um método muito poderoso para cuidar da saúde mental! Psicólogos orientam o cultivo de hábitos saudáveis e prazerosos para manter o bem-estar emocional. O paciente precisa colocar em prática os ensinamentos aprendidos na psicoterapia e recorrer a “tratamentos alternativos”, como a meditação e a alimentação saudável, certamente é válido. 

Continue lendo
13 sinais que você está muito estressado

Você sabe reconhecer os sinais de estresse?

Eles podem causar confusão por serem muito diversos e, às vezes, não parecerem estar relacionados ao estresse. Isso porque temos sintomas físicos, emocionais e psicológicos quando estamos estressados. Quando eles não são reconhecidos prontamente, ou são ignorados, podem até mesmo dar origem a doenças.

De acordo com psicólogos, o estresse crônico também agrava problemas já existentes, incentiva os maus hábitos e torna as pessoas mais suscetíveis ao desenvolvimento de vícios. Elas podem ingerir um volume maior de álcool ou fazer uso de substâncias na tentativa de responder ao mal-estar com o prazer imediato. Esse imediatismo é prejudicial à saúde.

Continue lendo
Autoconhecimento: o que é e como a terapia pode incentivá-lo

Muito se fala sobre autoconhecimento hoje em dia. O assunto faz sucesso entre uma diversidade de personalidades e segmentos da sociedade, como profissionais, empresários, CEOs, professores, estudantes, artistas, pais e mães, entre outros.

Nos últimos anos, a necessidade de se autoconhecer cresceu entre as pessoas. Mais gente está buscando respostas concretas para entender características aparentemente incompreensíveis de suas personalidades. E, segundo psicólogos, essas pessoas também desejam compreender os motivadores de seus hábitos, especialmente os negativos, e pontuar as suas qualidades e defeitos.

Continue lendo
Outubro Rosa: como mulheres com câncer de mama podem cuidar da saúde mental

O diagnóstico de câncer de mama traz dúvidas e preocupação, além de um turbilhão de emoções para administrar. O enfrentamento de qualquer patologia grave, na verdade, causa perturbação emocional e psicológica. Por se tratar de uma situação desconhecida e que exige modificações no estilo de vida, precisamos gastar mais energia para nos adaptarmos às novas circunstâncias.

Segundo dados recentes do Instituto Nacional do Câncer, mais de 66 mil novos casos de câncer de mama foram contabilizados entre 2019 e 2020. O Outubro Rosa acontece anualmente para reduzir essa estatística através de atividades de conscientização e de prevenção do câncer. 

Continue lendo
Autocuidado: por que é importante cuidar de você?

O termo autocuidado refere-se às ações que tomamos para fazer a manutenção da saúde mental e do bem-estar no dia a dia. Essas vão além da prática do relaxamento, como é popularmente sugerido entre os usuários das redes sociais. Fazer um SPA em casa, por exemplo, pode ajudá-lo a ficar de bom humor, mas cuidar de si mesmo não se resume somente a isso.

As atitudes que podemos tomar para cuidar de nossas emoções, pensamentos e corpo são inúmeras. Psicólogos encorajam a transformação delas em hábitos para se ter uma vida mais funcional e agradável.

Continue lendo
Por que autoconhecimento é tão importante

“Conhece-te a ti mesmo” é uma frase famosa gravada na entrada do Oráculo de Delfos. Frase atribuída ao filósofo Sócrates, ela é um pilar do pensamento socrático e indica que o autoconhecimento é o ponto de partida para qualquer tipo de conhecimento.

E na psicologia não é diferente. Segundo o que dizem os psicólogos, o autoconhecimento é um dos pilares para qualquer terapia.

Apesar do poder da frase e de muitas pessoas entenderem a importância do autoconhecimento, não é tão fácil praticá-lo.

SUMÁRIO

Continue lendo
Como ser feliz após uma separação

Para ser recomeçar após uma separação é preciso ter compromisso consigo mesmo. Vamos entender mais profundamente sobre isso no texto a seguir.

Rompimentos são difíceis, não importa quantas vezes você tenha namorado ou se casado. É ciência. Estudos mostram que relacionamentos românticos são viciantes, e separações desencadeiam os mesmos sintomas de abstinência no cérebro que as pessoas devem superar com a adicção.

Você pode se sentir triste, com raiva e totalmente envergonhado por um relacionamento que chegou ao fim. Mas o lado bom é que seus sentimentos não durarão para sempre. Segundo o que dizem os psicólogos, com espaço, tempo e autoamor, você pode voltar ao seu antigo eu.

Continue lendo
6 maneiras que a terapia pode te ajudar

A terapia pode ajudar as pessoas de diversas maneiras. Quando se fala neste assunto, no entanto, muitos pensam somente no tratamento da depressão ou da ansiedade. Esquecem-se da promoção da saúde mental que acontece em todas as áreas da vida.

O médico identifica e trata as patologias físicas. Em algumas ocasiões, é preciso acompanhar a evolução de doenças ou do tratamento dentro de um determinado período.

O psicólogo, por outro lado, não faz somente o tratamento objetivo de encontrar a causa do sofrimento do paciente. Ele os capacita para que saibam lidar com os seus problemas e ainda estimula o autoconhecimento.

Continue lendo