Avaliação Psicológica

Categoria dos serviços da psicóloga: clínica de psicologia

A avaliação psicológica é a primeira etapa necessária para o psicólogo conhecer seu paciente. A partir dela, é possível se iniciar um vínculo entre os dois e os principais objetivos são o autoconhecimento para o paciente e através dessa ferramenta, dar início à psicoterapia.

Em que situações torna-se necessária uma avaliação psicológica?

Ela é válida para todas as situações, pois esta é uma coleta de dados para se ter um conhecimento maior sobre o paciente.

Quanto tempo dura esta avaliação?

A avaliação tende a durar em torno de quatro a seis sessões, dependendo da quantidade de informações que o paciente fornece e da hipótese diagnóstica.

No que consiste uma avaliação psicológica?

Ela consiste em uma entrevista realizada pelo psicólogo a partir da queixa que seu paciente trouxe com questões pertinentes ao caso, relativas à sua história de vida social, profissional, de desenvolvimento, afetiva, familiar, acadêmica, entre outras. É importante o psicólogo saber sobre o seu cotidiano, hobbies, estilo de vida, dinâmica em casa, entre outras informações.

Além da entrevista, podem-se usar testes e inventários para aumentar este conhecimento, como inventário de humor, inventário de personalidade, identificação de valores e se necessário, inventários específicos, como por exemplo, para compulsão alimentar, âncoras de carreira, testes de atenção, memória, entre outros.

É um momento prazeroso em que muitos pacientes elevam sua autoestima, pelo fato de se conhecerem e descobrirem que têm características as quais são consideradas defeitos por algumas pessoas. Porém, são apenas parte de seus traços de personalidade.

Quais são os pontos positivos de uma avaliação psicológica?

  • A avaliação proporciona um vínculo amistoso entre o psicólogo e o paciente, considerado importante para a próxima etapa do processo psicoterapêutico;
  • O simples fato do cliente se conhecer mais já o ajuda a entender muitos motivos pelos quais ele se encontra em dificuldades ou dúvidas;
  • Através dos testes conseguimos ter uma noção mais quantitativa de algumas habilidades cognitivas, estado de humor, estado de ansiedade, de compulsão, entre outras escalas que nos fornecem um grau mais real da situação;
  • A avaliação possibilita ao cliente, com o auxílio do psicólogo, a formularem objetivos e identificarem expectativas do paciente para a psicoterapia.

Venha conhecer-se de forma mais profunda e se prepare para uma nova jornada de autoconhecimento. Ela pode te fornecer ferramentas para saber lidar com as pessoas em ambientes do seu cotidiano e principalmente saber lidar com você mesmo.

Autora: Leticia Marques (Psicóloga CRP 06/114273)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.