Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Perfeccionismo

Perfeccionismo

Enquanto cultura, nós tendemos a premiar os perfeccionistas por sua insistência em estabelecer padrões elevados e sua busca implacável para conquistar seus objetivos.

E perfeccionistas frequentemente são grandes vencedores – mas o preço que pagam para o sucesso pode ser a infelicidade e insatisfação crônica.

O que é perfeccionismo?

Em termos clínicos, o perfeccionismo é amplamente considerado um traço de personalidade que envolve a tentativa constante de ser o melhor em tudo que faz, e o medo excessivo de cometer erros.

Recentemente, alguns psicólogos até mesmo passaram a acreditar que o perfeccionismo é um tipo de personalidade obsessiva, e não apenas uma característica, o que implica a necessidade de se sentir no controle de todos os aspectos e situações para sua própria segurança.

Tipos de perfeccionismo

Muitos psicólogos classificam o perfeccionismo entre dois tipos diferentes.

Para algumas pessoas, ele causa efeitos positivos, pois usam a sua energia para fazer o bem, alcançar objetivos e criar uma vida que as torna felizes. Eles são totalmente capazes de buscar a perfeição, sem que isso afete a sua autoestima, e geralmente se sentem bem sobre os seus esforços.

Valor Consulta Psicóloga Ingrid






Não quero informar nome ou e-mail





Os psicólogos chamam este tipo de perfeccionista ‘normal’, ‘adaptável’, ou ‘positivo’.

Já em outras pessoas, o perfeccionismo pode ser um empecilho e provocar efeitos colaterais negativos. Eles nunca se sentem satisfeitos com seus próprios esforços e sua vida, e também podem ter dificuldade em manter relacionamentos por serem muito críticos com os outros.

Sua autopercepção é negativa por conta de seu perfeccionismo extremo e seus pensamentos são autodestrutivos. Este tipo de perfeccionista é chamado de perfeccionista “neurótico”, “mal-adaptativo ‘, ou ‘negativo ‘.

É claro que o perfeccionismo não é assim tão oito ou oitenta. Alguém pode ser um perfeccionista neurótico em algumas áreas da vida e não em outras.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Ainda, alguns psicólogos não veem nada de positivo sobre o perfeccionismo, afirmando que a busca pela excelência não deve ser encarada como perfeccionismo.

Eles acreditam que aqueles que procuram ser o melhor, mas aceitam a críticas sem levá-las para o lado pessoal, não são perfeccionistas.

Na opinião destes especialistas, o perfeccionismo só se aplica à experiência negativa, onde se vê tudo como um ataque pessoal e, portanto, causando sofrimento.

Sinais de perfeccionismo negativo

Medo excessivo de errar ou fracassar

Os perfeccionistas geralmente vivem suas vidas em um estado de alerta elevado, constantemente analisando e procurando por sinais de fracassos em todas as suas formas.

Cometer erros, para os perfeccionistas, é considerado um sinal de fraqueza e estupidez.

Criticismo exagerado

Uma voz interior constantemente coloca você para baixo e aponta suas falhas. O excesso de autocrítica pode levar perfeccionistas a isolar-se da família e dos amigos, porque não se sentem bem o suficiente sobre si mesmos para contribuir com um relacionamento.

Finalmente, o perfeccionista direciona críticas indevidas em relação aos outros, apontando apenas suas falhas.

Atitude defensiva

Mesmo sendo duro com os outros, o perfeccionista odeia que suas falhas sejam apontadas pelos outros.

Se a crítica não é positiva, eles tendem a ser altamente sensíveis e levar para o lado pessoal.

Padrões irrealistas

Os desejos de um perfeccionista para si e para sua vida tendem a ser inatingíveis. Isto leva à depressão quando suas metas irrealistas não são atingidas.

Eles também mantêm padrões irreais para aqueles ao seu redor, sentindo uma desilusão constante pelos outros.

Procrastinação

A incapacidade de tolerar ser apenas uma pessoa de capacidades medianas muitas vezes resulta em procrastinação e indecisão crônica.

O perfeccionismo diz-lhe que é melhor nem começar um projeto se é para iniciá-lo e fracassar.

Estresse contínuo

Os perfeccionistas sofrem o estresse da procrastinação, por um lado, e a atenção compulsiva aos detalhes em outro.

Desta forma, ficam incapazes de terminar um projeto pelo medo do fracasso.

O que fazer quando o perfeccionismo está atrapalhando sua vida social, profissional ou conjugal

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

A psicoterapia é uma das intervenções mais recomendadas para aprender a lidar com o perfeccionismo negativo. Por isso, busque a ajuda de um psicólogo.

A maioria das técnicas terapêuticas podem ajudar, já que os psicólogos são treinados para criar um ambiente livre de julgamentos e de muita aceitação, o que por si só desafia a atitude perfeccionista.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Bullying Corporativo

    Bullying Corporativo
    O bullying corporativo é a situação na qual um funcionário repetidamente e durante um período prolongado de tempo está exposto a uma situação de assédio comportamental
  • Resiliência

    Resiliencia e Terapia
    Porque vemos pessoas com desamparo ou desapego enquanto outras conseguem superar desafios em situações parecidas? Acesse e saiba mais sobre resiliência
  • Como reduzir os efeitos negativos da poluição sonora

    Reduzir os efeitos negativos da poluição sonora
    Veja formas de evitar a poluição sonora e impedir que ela afete sua vida, causando problemas de saúde, localização do consultório em São Paulo, Brooklin

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana Filla Brotto

CRP 06/106524 – 6ª Região

FORMAÇÃO

Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.