Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Como você tem aproveitado seus momentos com seu filho?

Como você tem aproveitado seus momentos com seu filho?

Hoje não basta ser boa esposa, boa mãe e boa dona de casa. A mulher tem muito mais atribuições, exigências e expectativas.

Mas não é só ela, não: os homens também têm tido menos tempo para estar com a família e filhos, pois a competição do mercado os tem feito trabalhar mais.

A culpa por não ter tempo para os filhos é mais comum do que se imagina, levando muitas vezes as famílias a buscar terapia com um psicólogo para resolver os conflitos que surgem devido a esta situação. E você, como tem aproveitado seus momentos com os seus filhos?

Frustração e culpa

Não são poucos os casais que se culpam por não poder desfrutar de mais momentos ao lado dos filhos, brincar com eles, ouvir as histórias e fantasias.

Valor consulta atendimento online e presencial psicóloga Letícia






Não quero informar nome ou e-mail





Os pais e mães dessa geração estão em um mercado de trabalho muito competitivo, que lhes exige muito mais tempo e dedicação. Mais comuns são os casos de mães frustradas e com sentimento de culpa.

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Afinal, em um mundo ainda machista em certa medida, cabe a elas arcar com muito mais responsabilidades nos cuidados com os filhos, na maior parte das famílias.

Além disto, elas passam por uma série de outras cobranças, inclusive por parte delas mesmas. Um exemplo: o fato de ter que deixar o filho em período integral na escola pode causar grande conflito interno a uma mãe.

Em muitos casos, a ajuda psicológica pode fazer com que pai e mãe entendam melhor seus conflitos e aprendam a lidar com eles.

A falta de tempo com os pais afeta também os filhos

A falta de tempo para pais e filhos estarem juntos não perturba somente os pais, mas causa muitos efeitos negativos também nas crianças.

Os pais devem observar o comportamento do filho a fim de reconhecer algumas atitudes que denotam que ele está sentindo a falta de estar com eles. Alguns desses sinais são:

  • Insegurança – A criança quer estar o tempo todo agarrado ao pai ou mãe, não quer se separar, quer dormir junto na cama dos pais;
  • Necessidade de chamar a atenção – O filho está sempre tentando obter a atenção dos pais, seja de forma positiva ou negativa;
  • Agressividade – A criança pode também se tornar agressiva com os pais;
  • Isolamento;
  • Medos sem causas aparentes.

Quando procurar um psicólogo e recorrer à terapia?

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Quando os pais estão tão ocupados a ponto de não perceber as reações e o pedido de ajuda dos filhos, as consequências podem levar à necessidade de algum apoio psicológico para a família.

O psicólogo poderá, através de vários mecanismos, e de uma forma lúdica, diagnosticar qual o tipo de necessidade que está alterando o comportamento da criança. E, por outro lado, após muito diálogo com os pais, levar a família a corrigir a rota.

Tempo de qualidade com os filhos

Guia Completo de Como Selecionar seu Psicólogo

Se você é daqueles que gosta de entender tudo nos mínimos detalhes, então esse guia é para você! No guia completo você vai conhecer todo o processo desde onde procurar e selecionar um psicólogo, como é a primeira consulta, como se preparar para a terapia, como é o processo terapêutico e até como avaliar os resultados.

COMO SELECIONAR O SEU PSICÓLOGO

Na verdade, mais importante que quantidade é a qualidade do tempo que os pais passam com seus filhos. Estar inteiros com eles. Não permitir nenhuma interferência que possa atrapalhar este momento.

Desligue e esqueça o celular, abrace e beije muito seus filhos, conte histórias, sente no chão para brincar, corra no jardim, brinque no parque. Aproveite para ensinar, corrigir, estabelecer regras. Enfim, esteja inteiro, em pensamento e ações.

Mas não pode ser o tempo que “sobra”, tem que ser incorporado à rotina, tem que ser diário e exclusivo. Dedicar este tempo de qualidade para os filhos só trará benefícios para a relação pais e filhos e até para o casal.

Benefícios da qualidade do tempo com os filhos:

  • Melhoria da relação;
  • Melhoria da autoridade;
  • Criação de exemplos positivos e boas referências;
  • Filhos mais seguros e confiantes;
  • Melhora da autoestima das crianças;
  • Melhora da disciplina.
  • O tempo passa muito rápido e os filhos crescem mais rápido ainda. Por isso, todo esforço vale a pena para passar momentos agradáveis em família.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Thaiana Filla Brotto

Thaiana é psicóloga e CEO do consultório Psicólogos Berrini. Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC. Thaiana Brotto é registrada no Conselho Regional de Psicologia sob o número 06/106524

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *