Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Insatisfação Feminina: como lidar?

Insatisfação Feminina

O primeiro aspecto que todos devemos levar em conta ao nos perguntarmos como lidar com a insatisfação feminina é ter em mente que este questionamento não é intrínseco aos dias de hoje.

A dúvida do que, afinal, querem as mulheres, surgiu há muitos anos, sendo que Freud e outros grandes nomes da psicanálise já abordavam o amplo tema “insatisfação feminina” há mais de 80 anos.

Valor consulta atendimento online e presencial psicóloga Letícia






Não quero informar nome ou e-mail





Algumas respostas foram aparecendo de lá pra cá, mas fato é que a mulher, até hoje, ainda sente uma insatisfação dentro de si ao exercer uma infinidade de papéis, ter sentimentos controversos e buscar incansavelmente a felicidade.

E, nessa missão, o acompanhamento com um psicólogo pode ajudar de forma significativa a obter os resultados desejados.

Como a psicologia trata os sintomas contemporâneos

Na época em que viveu Sigmund Freud (1856-1939), o médico neurologista que criou a psicanálise, eram mais comuns os estudos sobre os chamados sintomas histéricos vivenciados pelas mulheres.

Atualmente, com a vida corrida e agitada, principalmente, dos grandes centros, a psicologia vem lidando com os sintomas contemporâneos.

O estresse aliado às suas próprias cobranças para que dê conta de tudo durante o tempo todo e ainda arrume tempo pra ser feliz levam a mulher a uma série de sensações incômodas, como ansiedade, frustrações, medo, insegurança e desamor, que, quando em doses exageradas, pode até levar a uma depressão mais séria.

É neste contexto que as mulheres têm encontrado um grande alento nos consultórios de psicologia.

Ali, elas podem avaliar e discutir com o psicólogo, sem filtros ou medo de julgamentos, as suas conquistas, insatisfações, padrões de perfeição, desejos de agradar o parceiro, necessidade de fazer o melhor quanto à educação dos filhos e como encontrar a tão sonhada felicidade.

Além de tudo isso, o psicólogo também vai orientar sobre os riscos de elas se considerarem super-heroínas.

Causas da eterna insatisfação feminina

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Segundo a teoria psicanalítica, as meninas sentem inveja do órgão sexual masculino e, por consequência, sofrem inconscientemente devido a esta falta.

O resultado disso é que elas acabam sempre desejando o que não podem ter já que este órgão não faz parte da constituição física feminina.

Segundo os estudiosos do assunto, estariam nesta condição e no chamado “Complexo de Édipo”, as causas da eterna insatisfação feminina.

Como o psicólogo ajuda na busca pela satisfação plena

Guia Completo de Como Selecionar seu Psicólogo

Se você é daqueles que gosta de entender tudo nos mínimos detalhes, então esse guia é para você! No guia completo você vai conhecer todo o processo desde onde procurar e selecionar um psicólogo, como é a primeira consulta, como se preparar para a terapia, como é o processo terapêutico e até como avaliar os resultados.

COMO SELECIONAR O SEU PSICÓLOGO

Já citamos a educação dos filhos, mas é comum entre as mulheres também a dificuldade nos relacionamentos amorosos. A conquista, a sedução e até mesmo os obstáculos – tão naturais na vida a dois -, ganham proporções completamente diferentes das vividas pelos homens.

Por conta disso, o que se vê são relações descartáveis, sentimentos de impotência, pensamentos equivocados sobre novos relacionamentos e a busca desenfreada pela satisfação plena.

É ai que entra, mais uma vez, o auxílio de um psicólogo.

É durante o processo de análise que a mulher aprende a se autoconhecer melhor, a administrar melhor todo o seu sofrimento, a colocar para fora suas sensações e emoções e a construir uma realidade mais próxima ao que é viável para ela no momento.

Ao proporcionar uma viagem ao inconsciente, a terapia traz para o nível do consciente a possibilidade maior de se sentir feliz e realizada.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Thaiana Filla Brotto

Thaiana é psicóloga e CEO do consultório Psicólogos Berrini. Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC. Thaiana Brotto é registrada no Conselho Regional de Psicologia sob o número 06/106524

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *