Newsletter
Assine Aqui

Relacionamentos de rebote são bons ou ruins?

Relacionamentos de rebote são bons ou ruins?

O que são relacionamentos de rebote? Esses relacionamentos podem funcionar ou são sempre ruins?

Relacionamentos de rebote são aqueles onde se “emenda” uma nova relação logo após o término da anterior. Muitos psicólogos dizem que um rompimento pode, de fato, ser traumático, especialmente quando ocorre após muitos anos de relacionamento.

Relacionamentos de rebote serviriam para curar essas feridas emocionais. No entanto, 90% dos relacionamentos de rebote não sobrevivem aos primeiros três meses. Isso quer dizer que esses relacionamentos são ruins? Ou podem contribuir para um próximo relacionamento?

É o que você vai descobrir agora! Acompanhe!

Qual o objetivo dos relacionamentos de rebote?

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Segundo os psicológicos, os relacionamentos de rebote servem a um propósito psicológico essencial: eles ajudam as pessoas que acabaram de terminar um relacionamento a “seguirem em frente” e se curarem mais rapidamente do que se estivessem sozinhos.

Quem mergulha em um relacionamento de rebote supera o seu parceiro anterior mais rapidamente e se sente mais confiante para iniciarem um namoro. Além disso, os relacionamentos de rebote:

Como Marcar Sua Consulta?

Para marcar sua consulta é só clicar no horário que estiver disponível, tudo online.

AGENDE SUA CONSULTA
  • Ajudam na recuperação emocional, uma vez que o recém-separado passa a se sentir mais desejável.
  • Tornam mais fácil se desapegar do relacionamento anterior.
  • Melhoram a autoestima e o bem-estar.
  • Dificultam encontros com o ex.
  • Possibilitam estímulo social.
  • Ajudam a superar a raiva.
  • Protegem da solidão.

Por que muitas pessoas vivem relacionamentos de rebote?

Quando é cedo demais para começar um relacionamento pós-término? O seu relacionamento atual é um desses relacionamentos de rebote? Muitas pessoas optam por viverem um relacionamento de rebote, entre as razões, podemos citar.

Sentem que é cedo demais para um novo relacionamento

Muitas pessoas se sentem reconfortadas na companhia de um novo parceiro. No entanto, não desejam iniciar um novo relacionamento.  De fato, o ideal é esperar de 3 a 4 meses para se recuperar e estar pronto para um novo relacionamento.

Desejam apenas causar ciumes no ex

Muitas pessoas podem começar um novo relacionamento para causar ciúmes no ex e melhorar a sua autoestima. O novo parceiro, nesse caso, serve apenas como um troféu.

Não querem se envolver

O término de uma relação de longa data pode destruir a fé nos relacionamentos. Muitas vezes, as pessoas recém-separadas preferem viver relacionamentos casuais do que entrar de cara em um relacionamento sério.

Não conhece bem o seu parceiro atual

Apaixonar-se envolve o desejo de conhecer melhor o seu parceiro. Muitas vezes em um relacionamento de rebote não se sabe muito sobre o parceiro atual o que torna difícil fazer com que a relação evolua para o próximo nível. No entanto, mesmo assim é possível ser feliz por não estar solteiro.

Os relacionamentos de rebote podem funcionar?

Guia Completo de Como Selecionar seu Psicólogo

Se você é daqueles que gosta de entender tudo nos mínimos detalhes, então esse guia é para você! No guia completo você vai conhecer todo o processo desde onde procurar e selecionar um psicólogo, como é a primeira consulta, como se preparar para a terapia, como é o processo terapêutico e até como avaliar os resultados.

COMO SELECIONAR O SEU PSICÓLOGO

As chances dos relacionamentos de rebote se tornarem relações duradouras são pequenas e geralmente essas relações não acabam bem. No entanto, em alguns casos relacionamentos de rebote podem funcionar.

Quando isso acontece? Como você sabe, um relacionamento não acaba da noite para o dia. Em muitos casos, o rompimento pode consequência de um longo processo de brigas e desentendimentos. Nesse caso, o relacionamento já estava morto há muitos anos, só faltava deixar as coisas claras.

Isso quer dizer que, em casos assim, os parceiros estão mais do que prontos para “seguirem em frente” caso puderem encontrar um parceiro que os façam felizes. 

Agora que você já sabe o que são relacionamentos de rebote, que tal descobrir como encontrar o psicólogo ideal para você?

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana

A psicóloga é CEO do consultório Psicólogos Berrini. Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *