Procrastinação

Procrastinação

O que é procrastinação?

Sabe aquela apresentação difícil do trabalho que você tinha dez dias para preparar e no primeiro dia você pensou “Amanhã eu começo, ainda tenho bastante tempo”. E no dia seguinte não deu para fazer, porque você estava atolado de outras coisas pra fazer. Chega o final de semana e você pensa: “Vou descansar esse final de semana e começo a semana que vem renovado. E a prioridade será preparar a apresentação”. Os dias vão passando e você vai adiando, arranjando “desculpas” para não fazer essa apresentação do trabalho. Seja porque ela é muito difícil, ou porque você terá que perder muito do seu tempo pra realizá-la, ou simplesmente porque você não gosta da tarefa. E quando você se dá conta já está em cima da hora, você faz tudo correndo, pede um prazo maior, entrega com atraso, foge do chefe para não ter que entregar o trabalho.

Esse adiamento todo é conhecido como procrastinação.

E isso acontece muito e com muita gente no trabalho, nos estudos, na vida social, nos cuidados com a saúde e até com tarefas do cotidiano. Isto porque temos dificuldade de lidar com tarefas difíceis que só nós trarão retorno prazeroso a longo prazo (ou nem trarão retorno algum), e acabamos dando prioridade àquelas tarefas em que obtemos um prazer mais imediato, ou que são mais fáceis de realizar. Geralmente a procrastinação vem acompanhada de muito sofrimento, angústia, nervosismo, medo, perda de autoestima, peso na consciência e sensação de incompetência, e pode levar a problemas mais sérios como crise de ansiedade ou depressão. Pessoas com esse problema são taxadas muitas vezes pelas outras como irresponsáveis, imaturas, desorganizadas e acabam elas próprias acreditando nisso, ao invés de perceber que isso é um problema e como tal pode e deve ser tratado.

Como tratar a procastinação com psicoterapia comportalmental

Todo comportamento é aprendido durante a nossa vida de acordo com a nossa interação com o mundo. Nós aprendemos a nos comportar de determinadas maneiras, tornando o adiamento um hábito. No caso de pessoas que sofrem com os malefícios da procrastinação, na terapia será realizado um trabalho pra entender o que leva a pessoa a ter tal comportamento hoje, quais suas causas, identificar facilidades e dificuldades na realização de tarefas, compreender os sentimentos envolvidos neste processo e trabalhar para a aquisição de novos comportamentos mais adequados.

Outra técnica constantemente utilizada é a fragmentação das tarefas em pequenos processos, metas e objetivos, que normalmente são mais fáceis de serem realizados e alcançados do que quando se pensa na tarefa como um todo. O desenvolvimento de novas habilidades que venham a facilitar o desenvolvimento das tarefas também é aconselhável.

Autora: Ingrid Machado (Psicóloga CRP 06/98165)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.