Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Depressão em adolescentes

Depressão em adolescentes: como resolver?

Categoria dos serviços da psicóloga: depressão
Depressão em Adolescentes

A adolescência é uma fase de complicada, de muitas descobertas, transições e conflitos. Por isso, é comum que o adolescente apresente algumas mudanças comportamentais características da idade.

No entanto, essa fase também é um momento da vida vulnerável à depressão e, justamente pelas crises normais da adolescência, o diagnóstico pode ser um pouco complicado.

Valor consulta atendimento online e presencial psicóloga Letícia






Não quero informar nome ou e-mail





Com tantas transformações no corpo, surgimentos de novas responsabilidades e dúvidas sobre o futuro, é normal que o adolescente tenha mudanças repentinas de humor e se sinta mais irritado, desanimado, confuso e incompreendido.

O problema começa quando esses comportamentos duram mais que duas semanas e impedem que o adolescente vá à aula, saia com os amigos e realize suas atividades normalmente, o que já pode significar um quadro de depressão ou ansiedade.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, 13% dos adolescentes sofrem com depressão. Com isso, toda a rotina é interrompida, pois o depressivo não consegue conduzir sua vida de maneira normal.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

A depressão, quando não tratada, se torna cada vez mais grave e mais intensa, conduzindo a diversos casos de suicídio, sendo uma das maiores causas de morte entre jovens. O suicídio é a consequência mais grave da doença, mas não é a única, pois ela afeta múltiplas funções e causa danos psicossociais significativos.

Alguns sintomas são bem típicos da depressão na adolescência e podem servir como um alerta. São eles:

Quando a depressão atinge os meninos, é bem comum que eles assumam uma postura agressiva, de desdém pelos outros, tornando-se violento e tendo problemas de conduta dentro de casa e na escola. Já as meninas costumam se sentir extremamente entediadas, tristes, ansiosas e com baixa autoestima.

Tratamento do adolescente com depressão

Como já explicamos outras vezes por aqui, depressão é uma doença e precisa de tratamento específico. Para isso, é fundamental procurar um psicólogo que faça um diagnóstico assertivo e consiga ajudar o adolescente com sessões de terapia, além de encaminhá-lo para um psiquiatra indicar o tratamento com medicamentos antidepressivos, se for o caso.

Guia Completo de Como Selecionar seu Psicólogo

Se você é daqueles que gosta de entender tudo nos mínimos detalhes, então esse guia é para você! No guia completo você vai conhecer todo o processo desde onde procurar e selecionar um psicólogo, como é a primeira consulta, como se preparar para a terapia, como é o processo terapêutico e até como avaliar os resultados.

COMO SELECIONAR O SEU PSICÓLOGO

Os remédios são necessários porque a depressão é uma doença do desequilíbrio do cérebro. Os neurotransmissores do depressivo não funcionam da maneira correta, dificultando a transmissão de estímulos. É nisso que os remédios agem, revertendo essa situação e regularizando o funcionamento do cérebro.

A psicoterapia contribui muito para a melhora do adolescente depressivo. É importante que ele tenha com quem falar sobre as suas angústias, questionamentos e tristezas.

O psicólogo consegue ajudar no ganho de autoconhecimento e ensina a lidar com as situações de pressão.

Para os jovens, uma opção interessante é a terapia em grupo, onde eles podem compartilhar suas ideias e sentimentos com outros adolescentes e perceber que não são os únicos a se sentirem assim. Outra opção é a terapia em família, envolvendo pais e irmãos no tratamento para que todos saibam qual é a melhor maneira de agir.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Horários Disponíveis Natalia

    Psicóloga Natalia Queiroz - Psicólogos Berrini
    Veja os horários disponíveis da psicóloga Natalia e marque uma consulta na clínica de psicologia em São Paulo, zona sul de São Paulo.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana Filla Brotto

CRP 06/106524 – 6ª Região

FORMAÇÃO

Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Thaiana Filla Brotto

Thaiana é psicóloga e CEO do consultório Psicólogos Berrini. Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC. Thaiana Brotto é registrada no Conselho Regional de Psicologia sob o número 06/106524

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *