Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Relacionamento: o que fazer para dar certo?

Categoria dos serviços da psicóloga: terapia de casal, relacionamento conjugal, relacionamentos, casamento, divórcio
Relacionamento: o que fazer para dar certo

Um relacionamento é a união de duas pessoas que, por diversas razões, querem seguir uma vida juntas. Cada um traz consigo uma bagagem emocional, experiências passadas, opiniões, sentimentos e costumes.

Muitas vezes, depois de algum tempo de convivência, essas diferenças começam a aparecer por meio de brigas, desentendimentos e desconfianças, inseguranças e ciúmes.

Afinal, existe uma receita para fazer um relacionamento dar certo?

Na verdade, não existe apenas uma maneira de manter um namoro ou casamento feliz, já que cada pessoa é única, com suas características e personalidade, e também espera e cobra coisas diferentes em um relacionamento. É por isso que cada casal funciona de uma maneira, tem preferências e costumes próprios.

Mesmo com tantas diferenças e individualidades, algumas dicas acabam funcionando para todos os casais. Vamos conferir?

5 dicas para um relacionamento dar certo

1 – Confie no outro

A confiança é a base de um relacionamento sólido. Se você escolher namorar ou casar com aquela pessoa, precisa confiar em sua conduta.

Quem confia, não precisa ficar tirando provas e conferindo tudo o que o outro diz, pois simplesmente aceita como verdade.

A confiança evita brigas por motivos de ciúmes, que vão desgastando o relacionamento com o passar do tempo.

2 – Não guarde mágoas

Sabe aquela resposta que seu parceiro te deu e você não gostou? Pois então, não feche a cara e fique magoado sem dizer nada. A solução é dialogar! Isso vale para pequenas e grandes insatisfações.

Valor Consulta Psicóloga Renata






Não quero informar nome ou e-mail





Em um relacionamento, os dois precisam se sentir confortável para conversar abertamente sobre coisas que estão desagradando e precisam melhorar. Guardar um sentimento de tristeza e decepção não fará nada bem para os dois!

Nesse sentido, um psicólogo pode ajudar muito. Às vezes, as pessoas têm dificuldades para falar sobre seus sentimentos e expor suas opiniões dentro de um relacionamento. Se esse é o caso, a Terapia de Casal é uma boa opção.

Por meio dela, o papel do psicólogo é auxiliar o casal a ter um diálogo saudável, resolver seus problemas e estabelecer regras de convivência que melhoram muito o relacionamento.

3 – Mantenham momentos individuais

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Ficar junto de quem se ama é muito bom, mas também é preciso manter um tempo para as individualidades. Estabeleça, pelo menos, um momento na semana para cada fazer algo que goste sozinho, sem a companhia do parceiro. Vale sair com os amigos, praticar um esporte, fazer compras ou assistir um filme específico.

Muitas vezes, em relacionamentos, tendemos a deixar de lado nossos prazeres individuais. E isso não é nada bom, pois começamos a cobrar dos nossos parceiros essa satisfação que perdemos por conta própria. Lembre-se: para fazer alguém feliz, é preciso conseguir se fazer feliz!

4 – Saia da rotina

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Relacionamentos longos costumam entrar em um ciclo de estabilidade, rotina e programas repetidos. Com isso, o namoro ou casamento vai se tornando algo chato e monótono. Saia fora dessa! Invente programas diferentes para fazer em casal e tenha noites ou finais de semanas divertidíssimos.

Boas opções são jantares em restaurantes diferentes, cozinhar algo exótico juntos em casa, sair para um passeio em um lugar que nenhum dois tenham ido, fazer um acampamento, iniciar um curso ou atividade juntos, ou fazer breves viagens.

O importante não é fazer alguma atividade cara e sim o momento diferente que vocês vão passar juntos!

5 – Expresse seus sentimentos

Agrados, carinhos, declarações. As expressões dos sentimentos sempre são bem-vindas e renovam o amor entre o casal. Mesmo depois de muito tempo juntos, reserve um tempinho e escreva um cartão dizendo o porquê você o ama e tudo que admira em seu parceiro.

Pode ser em uma data especial ou, simplesmente, em um dia qualquer.

A pessoa que se sente amada e valorizada é mais feliz. Por isso, demonstre seus sentimentos, fale o quanto você ama, elogie a sua aparência e as suas atitudes. Autoestima dentro de um relacionamento é muito importante para o bem-estar de cada um.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Solidão no casamento: o que é e quais os impactos

    Solidão no casamento: o que é e quais os impactos
    A solidão no casamento afeta muitos casais e o estranhamento a dois numa relação é a ausência de companhia. O psicólogo traz informações do que deve ser feito.
  • Como falar para os filhos sobre divórcio

    Falar para os filhos sobre divórcio
    Como falar para os filhos sobre divórcio? Essa pergunta é bastante comum nos consultórios de psicologia. Seja seu filho uma criança ou adolescente, saiba como falar.
  • Amor Patológico

    Amor Patológico
    Você sabe se o seu amor é patológico? Então leia esse interessante texto da psicóloga da Clínica de Psicologia Berrini - Zona Sul de São Paulo SP.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana Filla Brotto

CRP 06/106524 – 6ª Região

FORMAÇÃO

Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.