TOC – Transtorno obsessivo compulsivo

Categoria dos serviços da psicóloga: tcc,terapia cognitivo comportamental

Entenda o que é e como tratá-lo

Transtorno obsessivo compulsivo é um tipo de transtorno de ansiedade que é caracterizado quando a pessoa sofre de repetidas obsessões e/ou compulsões que afetam as funções sociais, educacionais ou profissionais do próprio individuo, seja pelo tempo dispendido com os sintomas ou pela aflição ou medo da própria pessoa.

Uma obsessão é definida como um pensamento ou impulso recorrente que causa ansiedade elevada, ainda que a pessoa tenha consciência que esses pensamentos e impulsos sejam irracionais.

Uma compulsão é um comportamento, ou ritual, que a pessoa com Transtorno obsessivo compulsivo exerce repetidamente, seja devido às próprias obsessões ou devido a rígidas regras que a própria pessoa estabelece. Por exemplo, uma obsessão por ter as mãos demasiadamente limpas pode resultar numa compulsão por lavar as mãos a todo momento.

Conheça cada um de nós lendo nosso perfil individual em psicólogos sp. Você poderá também ver os horários disponíveis e agendar sua consulta ou ainda solicitar que a nossa secretária ligue para você.

Outras compulsões comuns no Transtorno obsessivo compulsivo são organização minuciosa e repetida de objetos, checar múltiplas vezes se fechou a porta ou se pegou seu celular, contar/calcular geometricamente as coisas ao seu redor por múltiplas vezes etc – importante não confundir hábitos com compulsões

Quando os sintomas começarem a interferirem no seu dia a dia, seja no trabalho, na vida social ou nos seus relacionamentos, então talvez seja hora para considerar uma avaliação e/ou tratamento.

Se você tem Transtorno obsessivo compulsivo (TOC) o seu tratamento dependerá do grau do seus sintomas. O impacto do TOC na vida da pessoa dependerá:

  • intensidade do comportamento;
  • tempo dispendido com o comportamento compulsivo;
  • frequência que ocorre.

Tratamento para Transtorno obsessivo compulsivo

O tratamento mais comum para o TOC inclui:

  • Psicoterapia, para mudar a forma que seu pensamento se comporta e reduzir a ansiedade – geralmente se indica a terapia Comportamental ou Cognitiva: alguns psicólogos do consultório atuam nessa abordagem, conheça-os clicando em psicologos;
  • Medicação, a fim de controlar os sintomas: prescrito por um médico psiquiatra (se você não tem ou não conhece nenhum psiquiatra, peça ajuda ao seu psicólogo para lhe orientar a encontrar algum).

Você tem alguma dúvida? Entre em contato comigo.

Links e Informações Úteis:

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Estresse no Trabalho

    Com a ajuda da psicoterapia é possível aprender meios de se lidar com o medo, ansiedade e estresse causados pelo trabalho. Acesse e saiba mais a respeito.
  • Síndrome de Burnout

    Síndrome de Burnout é conhecida também como Síndrome de Esgotamento Profissional. Uma exaustão ou esgotamento emocional marcante derivada de muitas situações de estresse na vida profissional.
  • Cansaço mental: como cuidar

    Com rotinas estressantes, corridas, cheias de compromissos e pressões, nossas mentes estão ficando esgotadas. Saiba o que pode ser feito quando houver cansaço mental

Autora: Thaiana F. Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)
Google+ por Thaiana Brotto

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.