Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Dicas para definição de metas

Dicas para definição de metas

A definição de metas pode ser uma tarefa complexa para muitas pessoas. Confira um passo a passo que fizemos para ajudá-lo nessa tarefa.

Existem muitas maneiras de trabalhar no autodesenvolvimento e no aprimoramento pessoal, mas o estabelecimento de metas específicas para o crescimento pessoal pode garantir o sucesso.

Quando a vida cria obstáculos, ter um objetivo que você revisitar com frequência ajuda a redefinir, reconectar e recarregar as energias.

Também oferece motivação e responsabilidade para manter o foco e seguir seus planos. Às vezes, definir metas pode parecer uma tarefa assustadora. É por isso que é útil ter um roteiro para guiá-lo ao longo do caminho.

Teoria da definição de objetivos

Como a maioria das teorias da psicologia, a teoria do estabelecimento de metas começou com as idéias do Dr. Edwin A. Locke, em seu artigo, Toward a Theory of Task Motivation and Incentives. Nele, é explicada a necessidade de objetivos claros e específicos, desafiadores e monitorados com feedback e progresso regulares.

Locke, juntamente com o Dr. Gary Latham, apresentou cinco princípios para o estabelecimento de metas eficazes. Esses princípios, que incluem clareza, desafio, comprometimento, feedback e complexidade da tarefa, são os componentes necessários ao definir, trabalhar e atingir uma meta.

Desenvolvendo e mantendo objetivos pessoais em sua vida

Você está motivado?

Se você já definiu uma meta e desistiu antes de ver qualquer resultado, sabe muito bem que é preciso mais do que força de vontade para fazer uma mudança real. Segundo os psicólogos, estabelecer e atingir metas requer motivação, reflexão sobre o plano e maneiras de enfrentar os possíveis desafios que possam surgir.

Basicamente existem três fatores para alcançar objetivos:

  • Motivação para mudar;
  • Disposição para monitorar o comportamento;
  • Força de vontade para fazer acontecer.

Como tornar seus objetivos de saúde inteligentes

Determinando seus objetivos

Valor Consulta Psicóloga Renata






Não quero informar nome ou e-mail





Você pode definir metas em qualquer momento da sua vida. Algumas das áreas mais comuns incluem saúde, carreira, finanças e educação. Essas categorias mais amplas preparam o terreno para as metas menores nas quais você trabalhará anualmente, mensalmente e diariamente.

Embora alguns de seus objetivos possam estar dentro dessas categorias, é importante reconhecer que as metas de autodesenvolvimento também abrangem coisas como aprender a pintar, praticar atividades físicas e/ou desenvolver alguma ação social.

Tire um tempo para pensar em suas paixões e interesses. Faça um debate de ideias sobre coisas que o motivam. Pense e tente identificar se há algo que você sempre quis fazer, mas o medo do desconhecido — ou do fracasso — impediu que você corresse um risco.

As idéias que você gera dessas atividades de brainstorming são como pistas que podem ajudá-lo a restringir seu foco e definir metas mais específicas.

Pergunte a si mesmo por que as deseja

O próximo passo que você deseja dar é se perguntar “por que” esse objetivo é importante para você.

Por exemplo, se você deseja concluir seu MBA, estabelecer metas menores que giram em torno do “porquê” o ajudará a chegar lá mais rapidamente. Para definir seu porquê, considere fazer estas três perguntas a si mesmo:

  • Por que terminar minha especialização é importante para mim?
  • Porque essa razão importa?
  • Por que me sinto fortemente interessado(a) por esse motivo?

Depois de ter uma ideia melhor do seu “porquê”, é hora de fazer mais uma autoavaliação. Seguindo o exemplo da graduação, se você determinou que terminar sua graduação é o grande objetivo, é útil responder às seguintes perguntas para determinar se você está realmente pronto(a) para assumir esse compromisso.

  • Você está emocionalmente pronto(a) para se comprometer com algo que pode ser física e ou emocionalmente desconfortável?
  • Você está pronto para ser honesto consigo mesmo sobre onde está e para onde deseja ir?
  • Você tem tempo? Você pode dizer “não” às coisas que interferem no seu objetivo?

Agora que você realizou duas atividades diferentes para esclarecer seus motivos, deve ser evidente se você está motivado(a) a provocar e seguir mudanças. Se for esse o caso, você está pronto(a) para avançar no processo de definição de metas.

Como tornar seus objetivos inteligentes

Dicas e estratégias para alcançar seus objetivos

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Definir e trabalhar em direção a uma meta exige mais do que apenas um pedaço de papel e lápis. Também existem certas habilidades que você precisa ter ao assumir um objetivo.

Em primeiro lugar, você precisa ser capaz de planejar as etapas para alcançar seu objetivo. E, uma vez que o plano esteja em vigor, é o comprometimento e o foco que ajudam a movê-lo para o resultado desejado.

Mas, é claro, em algum lugar no meio, reside a motivação e a flexibilidade. Aqui estão algumas outras dicas e estratégias para ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

Metas com tom positivo

Ao estabelecer uma meta, tente evitar a tentação de expressar seu desejo de maneira negativa. Por exemplo, “não vou reclamar tanto”.

Tente ter uma visão mais positiva, algo mais ou menos assim: “Vou encontrar três coisas positivas sobre o meu dia e anotá-las antes de ir para a cama”.

Concentre-se no processo, não no resultado.

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Essa é uma das partes mais difíceis de definir e alcançar metas. Devido à própria natureza de um objetivo, você começa com o fim em mente. Mas são os passos que você toma para chegar lá que mais importam.

Digamos que o resultado que você deseja emagrecer. Esse é o objetivo. Mas, durante o processo de trabalho em direção a esse objetivo, você descobre que seu corpo está mais confortável com um peso que você nem imaginava antes. Você falhou em alcançar esse objetivo? Não se você acredita no poder do processo.

Limpe o antigo para dar espaço ao novo.

Começar com o pé direito é uma boa ideia refletir sobre o que você conseguiu até agora e ter empatia por si mesmo e deixar de lado o arrependimento pelo que não aconteceu.

Ao trabalhar para limpar a confusão de sua mente, não é uma má ideia. Tente fazer o mesmo com sua casa e seus espaços de trabalho.

Visualize o que você deseja

A visualização e os exercícios mentais estimulam muitas das mesmas redes neurais que conectam as intenções do cérebro ao corpo.

Dedique algum tempo para treinar adequadamente seus pensamentos antes de começar a estabelecer seus objetivos. Isso ajuda você a imaginar seus objetivos sendo concretizados.

Faça um plano específico

Liste seu objetivo e as etapas necessárias para alcançá-los. Então, divida-os em pequenos passos atingíveis com prazos realistas.

Isso é mais fácil quando você reserva um tempo antes do início de cada semana para escrever coisas específicas que deseja realizar na semana seguinte que o aproximam da meta.

Mantenha visível

É uma boa ideia colocar suas metas com as etapas e os prazos em um local onde você possa vê-las com frequência.

Ver os objetivos e as etapas a serem seguidas o manterá motivado e consistente para continuar trabalhando em direção a isso. O conselho dela? Olhe semanalmente ou melhor ainda, diariamente.

Se recompense

Ao realizar as etapas em direção ao seu objetivo, certifique-se de se recompensar ao longo do caminho.

Se recompensar a cada pequena vitória é fundamental para que o caminho não fique muito difícil de trilhar, principalmente porque as altas expectativas podem gerar ansiedade e, em alguns casos, até mesmo estresse.

Revendo e reavaliando seus objetivos

Guia Completo de Como Selecionar seu Psicólogo

Se você é daqueles que gosta de entender tudo nos mínimos detalhes, então esse guia é para você! No guia completo você vai conhecer todo o processo desde onde procurar e selecionar um psicólogo, como é a primeira consulta, como se preparar para a terapia, como é o processo terapêutico e até como avaliar os resultados.

COMO SELECIONAR O SEU PSICÓLOGO

Uma última coisa antes de você se ocupar em definir suas metas, a menos que você seja a exceção à regra, planeje revisar e reavaliar suas metas várias vezes antes de alcançá-las. Especialmente se elas forem metas mais elevadas.

Independentemente da frequência com que você se senta para fazer essa revisão, o mais importante é avaliar se seus objetivos — e as etapas que você está tomando — ainda são relevantes e realistas.

Essa revisão também lhe dá a chance de monitorar seu progresso, o que a equivale a uma maior probabilidade de você ter sucesso. Sem mencionar, essas sessões de revisão oferecem a chance de fazer ajustes e comemorar os sucessos alcançados, o que é essencial neste processo.

Como vimos, estabelecer metas e segui-las demanda não apenas força de vontade e foco, mas também inteligência e metodologia. Seguido alguns passos, você não apenas irá conseguir atingi-las como também a avaliar e entender seus reais objetivos.

Se a definição de metas ou cumpri-las (ou ambas as coisas) ainda forem difíceis para você, busque a ajuda de um psicólogo, que é o profissional indicado para ajudar você, através da psicoterapia, a lidar com todas essas questões e auxiliar no caminho a ser percorrido.

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana

A psicóloga é CEO do consultório Psicólogos Berrini. Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

2 comentários em “Dicas para definição de metas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *