Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Estabelecendo limites no trabalho remoto

Estabelecendo limites no trabalho remoto

Criar rituais e rotinas pode ajudá-lo(a) a estabelecer limites no trabalho remoto. Isso ajudará você a preservar a sua vida pessoal.

Trabalhar em casa tornou-se o novo normal para a maioria das pessoas neste momento de pandemia. Depois de quase três meses, as pessoas adaptaram mesas, escrivaninhas e suportes de TV para servir como escritórios em casa.

Segundo os psicólogos, quando a adrenalina inicial de mudar para o trabalho (e estudos em casa para quem ainda está na escola) começa a desaparecer, surge a necessidade de criar limites entre a vida pessoal e profissional dentro da sua casa

Esses limites são fundamentais uma vez que, quando não estabelecidos, podem nos fazer entrar numa onda de ansiedade e, em alguns casos, até mesmo depressão.

Valor Consulta Psicóloga Renata






Não quero informar nome ou e-mail





Entre os conceitos que o novo trabalhador home office precisa entender está a permeabilidade.  Permeabilidade é o grau em que suas responsabilidades domésticas e de trabalho se sobrepõem e ferem umas às outras. 

Um exemplo de permeabilidade é quando os pais estão na apresentação dos seus filhos, mas, ao mesmo tempo, respondendo e-mails de trabalho pelo Smartphone. Nesse caso, as responsabilidades do trabalho estavam se espalhando para o espaço que deveria ser reservado à família.

Algumas pessoas desfrutam de limites permeáveis ​​entre trabalho e família. Essas pessoas são chamadas de integradoras. Outras pessoas preferem limites estritos entre partes de suas vidas. Essas pessoas são chamadas de segmentadoras. 

Os integradores podem ter redes sociais que incluem amigos profissionais e não profissionais e ficar à vontade quando os mundos colidem.

Os segmentadores preferem manter sua vida social separada da vida profissional, portanto, podem se sentirem desconfortáveis ​​quando os mundos colidem.

Integradores — pessoas que mesclam vida doméstica com trabalho

Ser um integrador ou um segmentador tem consequências diferentes na forma como você está se adaptando ao trabalho remoto. Por um lado, se você é um integrador, pode se sentir confortável com as responsabilidades do seu trabalho em sua casa. Você talvez aprecie alternar entre tarefas e atividades domésticas e trabalhar com facilidade. 

Não se importa que seus colegas de trabalho vejam seu espaço de trabalho real (em oposição a um plano de fundo virtual) e não vê nenhum problema em tê-los “invadindo” esse espaço. 

Se você é um integrador, pode se sentir à vontade com a permeabilidade e alternar entre as responsabilidades domésticas e profissionais. No entanto, apesar do seu conforto, ter uma rotina multitarefa nem sempre é eficiente e pode ser cansativa.

Por esse motivo, você precisa agir como um segmentador e criar alguns limites que permitem que você se concentre inteiramente em seu trabalho. 

Segmentadores — pessoas que separam totalmente vida doméstica e trabalho

Se você é um segmentador, a presença constante de sua vida profissional em sua casa pode ser estressante. Antes, você era capaz de deixar o trabalho para trás e, agora, ele sempre pode estar olhando para você.

Se você é segmentador, já sabe que está se sentindo esgotado e desconfortável no ambiente de trabalho remoto. 

Estabelecendo limites no trabalho remoto

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Independentemente de você se sentir confortável e adaptado com a permeabilidade do trabalho e sua vida doméstica ou não, é necessário, sim, estabelecer limites para a vida pessoal e profissional. Todos precisamos descansar, nos conectar conosco mesmos e com a nossa família.

Em tempos que o trabalho remoto é o novo normal, esse tipo de trabalho pode gerar algumas dificuldades em deixar o trabalho para trás, já que agora ele reside em nossa casa.

Diante disso, trazemos duas dicas para restaurar limites no trabalho remoto. Confira. 

1. Quando terminar de trabalhar, remova o que for relacionado ao trabalho de seu ambiente. 

Os itens presentes em nosso ambiente nos levam a agir de certas maneiras. Da mesma forma, coisas que remetem ao trabalho (notebook, relatórios etc.), podem levá-lo a agir como se estivesse ainda no “ambiente de trabalho”. Por isso, para começar a estabelecer limites no trabalho remoto, você deve removê-las. 

Parece um conselho fácil para alguém com espaço para um escritório em casa, mas pode ser realizado em qualquer situação. Por exemplo, se você encontrou um canto de uma sala para trabalhar, poderá colocar um biombo sobre a área de trabalho. 

Se você estiver usando seu notebook para trabalhar e se entreter, que tal usar navegadores diferentes para cada situação? Pode, até mesmo, escolher planos de fundo diferentes para ambos os momentos.

Pausar o e-mail comercial e desligar as notificações também pode impedir que sinais digitais entrem no seu mundo pessoal. 

2. Crie rituais sinalizando o início e o fim do dia de trabalho

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Para aqueles que costumavam se locomover de carro para o trabalho, o trajeto fazia parte de um ritual que levava ao início e ao final do dia de trabalho. Fazer uma xícara de café, dirigir na estrada ou pegar transporte público e depois se instalar em um espaço de trabalho eram rituais que preparavam nossas mentes para a rotina profissional. 

Da mesma forma, os passos de voltar para casa, e talvez até ficar alguns minutos extras na entrada da garagem ou no saguão de um prédio de apartamentos eram rituais que nos ajudavam a desligar o cérebro do trabalho e a nos preparar para a vida doméstica e pessoal. 

Com a perda do trajeto, é importante estabelecer novos rituais para se deslocar entre o trabalho e o lar. Por exemplo, se você costumava comprar café a caminho do trabalho, desenvolva um novo ritual em torno de fazer café em casa (o que também pode melhorar a experiência de beber café). Ou comece cada dia limpando a área de trabalho ou acendendo uma luz específica e preparando-se mentalmente para o dia. 

Para restaurar a linha entre trabalho e vida, também é importante criar um ritual para terminar o dia. Poderia dar um passeio no jardim, fazer uma janta para recriar o sentido de viagem entre trabalho e casa. Poderia assistir  a um episódio de seu seriado favorito. 

Ou pode fazer algumas poses de ioga, exercícios físicos ou meditar. Depende inteiramente de você, mas precisa ser algo que você ache agradável, é repetido todos os dias e permite que sua mente pare de pensar em trabalho.

Para muitas pessoas, trabalhar em casa é o novo normal. Ao nos acomodarmos nessa nova normalidade, assumir o controle de nosso ambiente doméstico nos ajudará a estabelecer limites que reduzem o estresse e nos permitem estar totalmente presentes no trabalho e em casa.

Não se esqueça que se você sentir necessidade, um psicólogo também poderá ser muito útil para contribuir nesse novo normal. Através do processo terapêutico podemos compreender melhor a nova rotina e as mudanças que são necessárias.

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana

A psicóloga é CEO do consultório Psicólogos Berrini. Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *