Como você tem se dedicado às pessoas mais importantes de sua vida?

Categoria dos serviços da psicóloga: serviços variados de psicologia

O tempo anda tão escasso ultimamente que já virou objeto de desejo para muitos. Mas, acredite: há tempo para tudo debaixo do céu. Nós é que precisamos aprender a priorizar atividades e gerenciar melhor os nossos compromissos.

De todas as tarefas do nosso dia a dia, algumas das mais importantes pelo menos deveriam ser as de estar com quem amamos, cuidar das pessoas importantes para nós e cultivar relacionamentos saudáveis. Se você não consegue se organizar sozinho e tem conflitos com isso, certamente um psicólogo poderá ajudá-lo nesse sentido.

Trabalhamos muitas vezes mais do que oito horas por dia, estudamos volumes grandes de conteúdo sob forte pressão e perdemos tempo demais no trânsito. Dedicamo-nos ao emprego e aos estudos para nos tornarmos importantes e para poder proporcionar conforto e bem-estar para nossas famílias.

Só nos esquecemos de um detalhe: ao viver desta forma, deixamos de estar presente com eles, de ser importantes para eles e principalmente de mostrar que eles são essenciais para nós.

Reconhecer que pessoas são importantes

Está procurando por psicóloga em São Paulo para questões variadas sobre psicologia? Então conheça as psicólogas no nosso consultório de psicologia, confira o valor da consulta e agende uma consulta diretamente pelo site.

Ninguém é uma ilha. Todo mundo precisa ter alguma pessoa importante em sua vida. Alguém para passar alguns momentos, para rir, para chorar, para passear ou só para assistir televisão juntos.

Temos que ter pessoas ao nosso redor e aproveitar o tempo para estar de fato com elas e mostrá-las o quanto são importantes. Isso faz bem para quem recebe a atenção e melhor ainda para quem doa tempo, cuidado e carinho.

Temos que sair do círculo vicioso do cotidiano e descobrir quem são as pessoas importantes para nós e que nos fazem bem. E, a partir dai, dedicar tempo e energia para cultivar esses relacionamentos.

A importância de cultivar relacionamentos

Para cultivar um jardim de flores você precisa de tempo e dedicação, certo? Com pessoas não é diferente. Como já dissemos, precisamos estar com quem amamos, cultivar com cuidado os relacionamentos, regar com gestos de carinho, cavar com as ferramentas do diálogo e dedicar tempo. Não tem outra receita.

Bater um longo papo com aquela amiga querida, brincar na sala de casa com o filho, ouvir os conselhos carinhosos dos pais e namorar sem pressa, entre outras ações, são verdadeiros bálsamos para mentes cansadas e alívio para o estresse.

O tempo que dedicamos para estar com pessoas importantes para nós libera várias emoções e sensações que trazem bem-estar ao nosso cérebro e também ao nosso corpo.

Em meio a uma conversa gostosa, uma brincadeira ou até mesmo um momento mais sério, esquecemos de todos os problemas e nos concentramos em viver o momento presente. Isso nos aproxima da nossa essência e afasta todo o estresse trazido pela rotina atribulada.

Tempo para o psicólogo

Quando não conseguimos nos desvencilhar de tantos afazeres ou organizar nossa agenda nos tornamos tão automatizados que já não conseguimos desligar e nos dedicar a relacionamentos pessoais. Talvez seja o momento de, justamente, reservar um tempo na agenda para cuidar da mente consultando um psicólogo.

Pessoas sufocadas pelo estresse desaprendem a conviver com seus entes queridos. Nessa hora é necessária a intervenção de um profissional que, com a ajuda da Psicologia, vai dar a orientação direcionada para a pessoa aos poucos se libertar e organizar as atividades corriqueiras, de modo a conseguir dar atenção àqueles que estão ao seu redor. O psicólogo ajuda o paciente a reaprender a cuidar dos relacionamentos.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Psicologia e sexualidade

    Psicologia e Sexualidade
    Como a psicologia trabalha a sexualidade? Estarão nossos psicólogos preparados para tratar com o diferente? Vamos entender um pouco mais a respeito da opção sexual e sexualidade.
  • O que te move?

    O que te move
    O que te faz sair da cama todas as manhãs e seguir em frente? Já parou para pensar ou você faz tudo no “piloto automático”?
  • Chantagem emocional

    Chantagem Emocional
    Você convive com alguém que faz chantagem emocional? Ou já usou deste artifício para conseguir o que queria? Conheça mais sobre esse assunto com as informações do psicólogo

Autora: Thaiana F. Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.