Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Liderança e Habilidades Sociais

Categoria dos serviços da psicóloga: tcc,terapia cognitivo comportamental
Liderança e Habilidades Sociais

De acordo com psicólogos, liderança é a capacidade de influenciar pessoas em direção aos objetivos.

É a ação de comprometer pessoas para contribuir o máximo possível com os objetivos traçados, potencializar o comportamento e as atitudes das pessoas envolvidas na tarefa para melhor execução dos trabalhos e desenvolvimento de equipes.

Envolve, sobretudo, a habilidade de inspirar confiança e apoio entre as pessoas de cuja competência e compromisso dependem o desempenho.

Desenvolver Habilidades de Liderança

Valor Consulta Psicóloga Laís






Não quero informar nome ou e-mail





Para exercer a liderança, o indivíduo precisa ter ou desenvolver algumas habilidades, tais como: ser coercitivo, dirigente (fornecer direções claras), afetivo (preocupar-se com as necessidades e interesses dos empregados/subordinados), democrático (buscar o consenso), ser treinador (estimular os empregados a desenvolverem seus pontos fortes).

Ao desenvolver estas capacidades, pode-se melhorar o desempenho profissional. Tais habilidades podem ser aprendidas e desenvolvidas, visto que é possível aprimorá-las e até mesmo transformá-las em um jeito natural de se lidar com pessoas no cotidiano.

Psicologia e Treino

Para tanto, a psicologia usa o treino de habilidades sociais, o qual é um conjunto de procedimentos que ensina como trabalhar de forma construtiva e estabelecer relações mais satisfatórias, buscando um conjunto de habilidades cognitivas, emocionais, verbais e não-verbais para obter desempenho de ponta nas funções que foram designadas.

As atividades de treinamento de habilidades sociais são importantíssimas para o desenvolvimento de líderes dentro de uma empresa. Juntamente a isso, a terapia cognitivo comportamental ajuda o líder a desenvolver o autoconhecimento, o qual é a base para qualquer atuação de liderança.

Com o autoconhecimento, o líder fica a par dos seus pontos fortes, daqueles pontos que podem vir a melhorar, entende e percebe melhor suas habilidades e capacidades. Desenvolve uma postura de autoconfiança, pois sabe do que é capaz.

Ter autoconhecimento é essencial para o autogerenciamento e gerenciamento de equipes.

Aquele que se conhece sabe mais sobre seus limites e possibilidades, controla melhor suas emoções e atitudes, ao mesmo tempo em que é inovador e coerente, e com isso consegue lidar com sua própria motivação, comprometimento e o de sua equipe.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Portanto, é necessário ter uma gama de habilidades sociais que podem ser aprendidas e treinadas para ser um líder de sucesso nos dias atuais e a terapia cognitivo comportamental dispõe de técnicas e treinamentos que podem ajudar no desenvolvimento e capacitação desta liderança.

Buscar o apoio de um psicólogo para desenvolver suas habilidades, autonomia, autenticidade e autoestima também pode ser uma excelente escolha. A psicoterapia é uma ferramenta importante para fortalecer o nosso bem-estar!

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • 5 situações que podem lhe causar sofrimento

    Situações que podem lhe causar sofrimento
    Lidar com situações que causem sofrimento psicológico é fundamental para evitar transtornos como a depressão ou fobias sociais. Saiba como identificá-las
  • Otimismo ou Ilusão

    Otimismo ou Ilusão
    Otimismo ou ilusão ? Até que ponto o otimismo é saudável e quando ele passa a ser demasiado e passa a prejudicar a vida social, conjugal e profissional.
  • Assertividade

    Assertividade
    Por que devo ser assertivo e por que algumas pessoas não conseguem ser assertivas? Texto sobre assertividade, sob a perspectiva da uma psicóloga

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana Filla Brotto

CRP 06/106524 – 6ª Região

FORMAÇÃO

Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *