Insegurança nos relacionamentos

Insegurança nos Relacionamentos

Como sabemos se estamos agradando? Devemos agradar os outros? Queremos agradar os outros? Seria insegurança no relacionamento?

Inicialmente agradar é o mesmo que causar prazer… Agradar as pessoas do seu meio de convívio não é o mesmo que fazer tudo o que seu parceiro quer, muito menos virar refém de uma relação, mesmo sendo uma relação familiar ou de amizade. Quando isso acontece, você pode estar certo que existe uma peça fora do lugar.

As relações saudáveis são baseadas em trocas justas, onde você entrega sua dedicação e carinho a uma pessoa que confia em troca receberá a reciprocidade.

Se você se sente inseguro em suas relações sociais ou amorosas, inicialmente você deverá pensar o que mais te incomoda e como poderá mudar os pontos negativos da relação. Não se esqueça de que em uma relação você não está sozinho. A outra pessoa também deve mudar ou se adaptar às mudanças. As condições de um relacionamento são como um contrato.

Geralmente um indivíduo se sente inseguro quando:

  • Em sua história de vida foi julgado ou punido pelos seus atos e não soube tolerar ou não aprendeu a lidar com as frustrações ou situações aversivas. Ex: seu pai costumava te criticar enquanto você fazia o dever de casa, provavelmente você crescerá com aversão a aprender novas coisas.
  • Um ponto importante e geralmente esquecido é a forma como as pessoas se dedicam às relações. É ótimo receber carinho, mas será que você oferece? Mesmo não parecendo quando agradamos, ficamos seguros quanto ao relacionamento. Ex: Seu namorado é distante e não se dedica tanto quanto você gostaria, o primeiro impulso é cobra-lo e dizer que ele não “te ama mais”. Como ele escutará essa cobrança? Com amor e carinho? Ou ele falará sobre seus erros e características negativas? Neste caso não tenho dúvidas que o melhor caminho para quem está insatisfeito é oferecer aquilo que você não tem, tente oferecer carinho e amor, abraços e beijos, companheirismo e parceria, ouça sem criticas, fale sem julgamentos. E espere o resultado…

Um comportamento controlará o outro. Oferecendo coisas boas à pessoa que está ao seu lado fará ela se sentir agradada e lhe dará um retorno positivo, e com certeza você ficará muito mais satisfeito e seguro dessa relação. Essa é a grande consequência positiva.

Não podemos esquecer que existem alguns casos em que as pessoas não estão tão abertas a receber carinho ou não estão preparadas a mudar por alguém, neste caso você poderá repensar sobre sua relação sendo ela de amizade ou amorosa.

Para você se sentir seguro basta você se dedicar mais, buscando um comportamento cada vez mais satisfatório. Mas não se esqueça de para que isso aconteça é necessário que as pessoas ao seu redor também estejam abertas a essas mudanças e dedicações.

Autora: Natacha Barbosa (Psicóloga CRP 06/109800)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.