Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Conheça os principais sinais de traição

Categoria dos serviços da psicóloga: terapia de casal, relacionamento conjugal, relacionamentos, casamento, divórcio
Conheça os principais sinais de traição

Quando nossa relação apresenta sinais de traição, é hora de rever alguns pontos

A traição é algo que sempre nos rodeia, quer gostemos ou não. Desde os relatos da mais longínqua antiguidade, até os dias hoje, conhecemos e vivemos histórias de traição.

Os psicólogos nos alertam que precisamos entender os sinais de traição, antes que se tornem difíceis de lidar.

A forma como lidamos com estas situações, muitas vezes, nos empurram para momentos em que não temos muita saída, sendo surpreendidos por grandes aflições.

Valor Consulta Psicóloga Ana Lessa






Não quero informar nome ou e-mail





O momento de descoberta da traição costuma ser muito desalentador. Quando a nossa companhia nos trai, quebra automaticamente um elo, um acordo de confiança.

E este elo não apenas se quebra em relação à pessoa, mas em nós também. Pensamos automaticamente que algo em nós falhou para que isto chegasse a acontecer, elevando sentimentos de culpa e medo.

Para que se entenda melhor estas reações que a traição traz junto de si, vamos dar algumas pistas de como os sinais de traição podem ser vistos e prevenidos da melhor forma.

Buscando sinais de traição

Guia Completo de Como Selecionar seu Psicólogo

Se você é daqueles que gosta de entender tudo nos mínimos detalhes, então esse guia é para você! No guia completo você vai conhecer todo o processo desde onde procurar e selecionar um psicólogo, como é a primeira consulta, como se preparar para a terapia, como é o processo terapêutico e até como avaliar os resultados.

COMO SELECIONAR O SEU PSICÓLOGO

Um dos primeiros instintos de “sobrevivência” e de “autodefesa” da nossa companhia é optar pela negação. E mesmo negando, percebemos os sinais de traição na própria fala, comportamento e gestos.

Mas para que os sinais de traição sejam realmente levados à sua concretização e enfrentamento da realidade, é preciso antes se assegurar que as suspeitas não se baseiam em especulações vagas ou incertas.

Antes de mais nada, estes sinais não são confirmações, caso contrário, não seriam “sinais”, mas certezas. Há muitos motivos que podem levar uma pessoa a se comportar de forma diferente. Entretanto, por estes sinais de traição. é possível observar atentamente alguns indícios comprometedores no seu comportamento.

1. Meios de comunicação eletrônicos

Preste a devida atenção aos sinais de traição que podem estar ocultos, de alguma forma, em suas fixações compulsivas de estar preso constantemente aos celulares e principalmente, às redes sociais.

>>> Leia também: Vício em redes sociais: até que ponto isso é prejudicial?

Um dos sinais de traição mais comuns são as mensagens apagadas e o uso de páginas anônimas que evitam o rastreio posterior.

Veja o histórico de chamadas no celular, tanto à noite quanto de dia, pois os “atalhos” da discrição podem ser premeditados.

2. Novos compromissos

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Instantaneamente a pessoa passa a ter um volume muito maior de compromissos, o que pode caracterizar, pela sua defesa argumentativa que se trata de trabalho ou estudo. Mesmo assim, confira estas informações de forma coerente.

As reuniões de última hora ou as horas-extras podem se tornar cada vez mais frequentes. A conversa franca com ela pode ajudar a diminuir a ansiedade e as desculpas.

Por outro lado, os métodos de burlar sinais de traição se dá pelo seu contrário: a pessoa passa a detalhar minuciosamente tudo o que ela faz, o que também não parece ser algo natural.

3. Marcas da infidelidade

Outros sinais de traição aparecem fisicamente, como por exemplo: nas roupas, manchas estranhas, cabelos, objetos no carro, dentro dos bolsos etc.

Evidências físicas comprometem bastante a questão e elas são difíceis de serem defendidas com coerência.

4. Expressar uma segurança incomum

Se antigamente seu par expressava insegurança ou comportamentos que eram típicos, e agora se expressa com segurança em demasia, fique atento.

Procure saber a razão de tal “euforia”, mesmo que algumas cargas hormonais sejam explicadas, ocasionando estados de elevada autoestima.

5. Repentino interesse por você

Há alguns anos atrás, a rotina parecia estar indo normalmente (ou, também poderia estar um pouco apagada) em relação a interesse ou buscar novas formas de reconquista.

Quando a rotina sexual se transforma repentinamente e surge uma atenção especial a você, preste atenção. Esses sinais podem surgir justamente pelo fato da pessoa que está traindo, vir com “novas” renovadas de humor e de desejo sexual, que se mostram na forma de carinho e mesmo sensual.

6. Falta de amor

Muitas vezes, a traição se dá pela substituição simples. A pessoa que trai não está preocupada em atender ou renovar a sua relação com você e entrega-se a essa nova aventura, sem remorsos.

Sobrevém o tédio, a perda de interesse, a comunicação falha, a solidão etc.

As causas da traição

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

De acordo com os psicoterapeutas de casal, os sinais de traição são importantes ferramentas para também se autoconhecer, avaliando os estágios de si mesmo, numa relação.

A terapia de casal é muito recomendada para esses casos, pois busca facilitar a interação sobre os eventuais problemas que surgem, ou podem surgir, numa relação.

Existem inúmeros fatores para a falta de interesse dentro de uma relação, que podem ser desde divergências entre si, e até mesmo transtornos pessoais não resolvidos.

Buscar a ajuda de um psicólogo contribui para buscar entendimento neste sentido. Ela pode ajudar nos seguintes aspectos:

  • Qualifica a comunicação;
  • Promove a assertividade;
  • Ajuda a resolver e amenizar o confronto de ideias;
  • Altera os padrões comportamentais;
  • Desata os nós dos problemas sexuais;
  • Busca na pessoa o entendimento sobre si mesma;
  • Reduz os conflitos destrutivos e autodestrutivos.

Você gostou deste artigo? Não deixe de conferir: Como lidar com a traição.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Terapia de casal para namorados

    Terapia de casal para namorados
    Terapia de casal para namorados é mais comum do que se imagina. Namorados costumam viver conflitos, dilemas, ciúmes e incertezas e a terapia de casal pode ajudar.
  • Como falar para os filhos sobre divórcio

    Falar para os filhos sobre divórcio
    Como falar para os filhos sobre divórcio? Essa pergunta é bastante comum nos consultórios de psicologia. Seja seu filho uma criança ou adolescente, saiba como falar.
  • O que são relacionamentos saudáveis?

    Relacionamentos saudáveis
    Não há fórmulas mágicas para definir se uma relação é mais ou menos saudável que outra. O que há, sim, são limites para aquilo que pode ser considerado justamente o oposto de saudável.

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autor: Thaiana Filla Brotto

CRP 06/106524 – 6ª Região

FORMAÇÃO

Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.