Newsletter
Assine Aqui

Transtorno bipolar ou apenas mudanças de humor?

Transtorno bipolar ou apenas mudanças de humor?

O transtorno bipolar causa alterações extremas de humor. Leia esse texto para saber mais sobre esse transtorno

O transtorno bipolar é uma condição e saúde mental que causa mudança extremas nos níveis de humor.  Esses sintomas podem afetar a vida diária significativamente. Para identificá-lo é necessário do auxílio de um psicólogo. Isso também é fundamental para que possa ser tratado da melhor forma possível.  

Nesse texto vamos te contar tudo sobre o que é o transtorno bipolar e como lidar. Continue lendo! 

O que é transtorno bipolar?

Todos nós temos nossos altos e baixos, mas com o transtorno bipolar esses altos e baixos são muito mais graves. Enquanto que as mudanças de humor são como uma febre: nos dizem que algo está acontecendo, mas é apenas um sintoma e não a desordem em si.

O transtorno bipolar além de provocar mudanças sérias no humor, também provoca mudanças de energia, pensamento e comportamento, assim, o paciente oscila entre episódios de mania (extrema euforia) e de hipomania ou depressão

Os Psicólogos

Conheça os psicólogos do nosso consultório, área de atuação, abordagens e especializações.

EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Por exemplo, durante um episódio de euforia (mania) você pode deixar seu trabalho impulsivamente, gastar quantias enormes de dinheiro ou se sentir completamente descansado depois de dormir apenas duas horas.

Já durante um episódio depressivo, você pode se sentir cansado demais para sair da cama, cheio de auto-aversão e desesperança.

E ao contrário do que ocorre com as mudanças entre bom-humor ou mau-humor, os ciclos do transtorno bipolar duram dias, semanas ou até meses.

Por ser tão grave, pode prejudicar o trabalho, desempenho escolar, e até mesmo os relacionamentos pessoais de quem tem. 

Como Marcar Sua Consulta?

Para marcar sua consulta é só clicar no horário que estiver disponível, tudo online.

AGENDE SUA CONSULTA

Embora seja tratável, muitas pessoas não reconhecem os sinais de alerta e assim deixam de receber ajuda adequada.  Como o transtorno bipolar tende a piorar sem tratamento, é importante saber como são os sintomas.  

Reconhecer o problema é o primeiro passo para se sentir bem, o segundo, é claro, é procurar apoio psicológico.  

As causas desse transtorno não são ainda completamente compreendidas, mas muitas vezes parecem ser hereditárias. 

Quais são os sintomas do transtorno bipolar?

Geralmente, o primeiro episódio maníaco ou depressivo de transtorno bipolar ocorre na adolescência ou no início da idade adulta, mas não é necessariamente uma regra.

Os sintomas primeiros sintomas podem ser sutis e confusos, isso  sem mencionar que muitas pessoas com transtorno bipolar são diagnosticadas incorretamente — resultando em um sofrimento desnecessário. 

Entretanto, com um tratamento psicológico adequado e apoio, é possível levar a vida normalmente.  Como você pôde perceber, o transtorno bipolar inclui vários sintomas e sua intensidade varia de pessoa para pessoa, o que também dificulta o diagnóstico correto. 

Para facilitar sua identificação, os terapeutas dividem esse transtorno entre tipo 1 e tipo 2

Em resumo, um indivíduo com transtorno bipolar tipo 1 apresenta: períodos de mania que duram pelo menos sete dias, mas geralmente semanas ou meses, que podem alternar ou não com períodos de depressão.

E pelo menos um episódio maníaco ou hipomaníaco é necessário para fazer um diagnóstico de transtorno bipolar.

Já o transtorno bipolar tipo 2 é caracterizado por depressão crônica, pontuada por períodos de hipomania:  um período com semelhanças com mania, mas menos intenso, que por definição, não causa tantos problemas e tem duração de, pelo menos, quatro dias. De modo geral, os episódios de mania do transtorno bipolar podem incluir: 

  • Sentir-se excepcionalmente otimista.
  • Crenças grandiosas e irrealistas sobre suas habilidades ou poderes.
  • Dormir muito pouco, mas sentir-se extremamente revigorado.
  • Falar tão rapidamente que os outros não conseguem acompanhar.
  • Pensamentos descontrolados; saltando rapidamente de uma ideia para outra.
  • Extremamente distraído, incapaz de se concentrar.
  • Impulsividade.
  • Imprudência.
  • Delírios e alucinações (em casos graves).

Enquanto que os episódio de depressão no transtorno bipolar incluem: 

  • Sentir-se sem esperança, triste ou vazio.
  • Irritabilidade.
  • Incapacidade de sentir prazer.
  • Fadiga ou perda de energia.
  • Lentidão física e mental.
  • Falta ou aumento de apetite. 
  • Problemas para dormir.
  • Problemas de concentração e memória.
  • Sentimentos de inutilidade ou culpa.
  • Pensamentos de morte ou suicídio.

Com tantos sintomas a ser considerados, podemos notar que o transtorno bipolar vai muito além de mudanças de humor, não é mesmo? 

Como tratar o transtorno bipolar?

Se você identificar os sintomas do transtorno em si mesmo ou em outra pessoa, não espere para obter ajuda. 

Guia Completo de Como Selecionar seu Psicólogo

Se você é daqueles que gosta de entender tudo nos mínimos detalhes, então esse guia é para você! No guia completo você vai conhecer todo o processo desde onde procurar e selecionar um psicólogo, como é a primeira consulta, como se preparar para a terapia, como é o processo terapêutico e até como avaliar os resultados.

COMO SELECIONAR O SEU PSICÓLOGO

Ou se você está relutante em procurar tratamento porque gosta da maneira como se sente quando está maníaco, lembre-se de que a energia e a euforia têm um preço. Lembre-se que mania e hipomania muitas vezes se tornam destrutivas, ferindo você e as pessoas ao seu redor. Esse transtorno  requer tratamento a longo prazo por se tratar de uma condição crônica,  é importante continuar a terapia mesmo quando estiver se sentindo melhor.

Nesse sentindo, a maioria das pessoas com transtorno bipolar precisa de medicação para prevenir novos episódios e permanecer livre de sintomas. No entanto, há mais no tratamento do que medicação. Medicação por si só geralmente não é suficiente para controlar totalmente os sintomas do transtorno.

A estratégia de tratamento mais eficaz para o transtorno bipolar envolve uma combinação entre medicação (com prescrição de um médico), terapia, mudanças no estilo de vida e apoio social.

Trata-se de  uma condição complexa e o seu diagnóstico pode ser complicado e o tratamento é muitas vezes difícil. De qualquer forma, você não está sozinho, procure o amparo especializado que só um psicólogo preparado poderá te dar. 

O que achou desse conteúdo? Compartilhe conosco a sua opinião ou entre em contato! E aproveite para conhecer nosso artigo sobre Síndrome de de Burnout

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Transtorno afetivo sazonal: humor alterado em épocas do ano

    Transtorno afetivo sazonal
    Entenda como o humor é alterado em diversas épocas do ano pelo transtorno afetivo sazonal, consultório do psicólogo em São Paulo, Brooklin
  • Tratamento para Transtorno Bipolar

    Sobre O Transtorno Bipolar
    Este transtorno é caracterizado pelas rápidas mudanças de humor, oscilando em picos de mania a depressão. Os sintomas varião. Acesse e tire suas dúvidas.
  • Autoconhecimento

    Autoconhecimento
    Diariamente encontramos pessoas confusas e perdidas diante de situações do cotidiano, graças a falta de autoconhecimento. Acesse para saber mais

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana

A psicóloga é CEO do consultório Psicólogos Berrini. Psicóloga formada em 2008 pela PUC-PR, com pós-graduação pela USP em Terapia Comportamental e pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *