Insegurança

Categoria dos serviços da psicóloga: clínica de psicologia
Insegurança

Insegurança é um estado emocional que geralmente surge posteriormente a uma situação ameaçadora que tenha ocorrido. A simples iminência de situações similares ocorrerem novamente já desencadeia os estados emocionais característicos de insegurança.

Pode ser uma reunião no trabalho, o parceiro que terminou abruptamente o namoro, uma viagem por determinada estrada, uma situação de falar em público, uma paquera e outras várias situações. Se a pessoa ao se deparar com esses tipos de situações e considerar a si mesma como incapaz de gerenciá-las, então certamente as emoções decorrentes da insegurança surgirão.

Como a insegurança se manifesta e como ela pode nos prejudicar?

Insegurança é algo inerente ao ser humano e, quando em níveis normais, pode ser muito útil. Pois o ligeiro aumento no nível de ansiedade e a agitação fazem com que a pessoa automaticamente encontre meios e ferramentas para enfrentar a situação e seguir adiante. Portanto, nesse nível a insegurança e suas emoções decorrentes exercem um papel protetor.

Está procurando por psicóloga em São Paulo? Então conheça as psicólogas da nossa clínica de psicologia, confira o valor da consulta e agende uma consulta diretamente pelo site.

O problema está quando a ansiedade e agitação decorrentes dessa insegurança são muito elevados a ponto de prejudicar a pessoa.

Vejamos um exemplo simples: imagine que uma pessoa foi incumbida pelo chefe para conduzir um importante projeto na empresa, sendo uma grande oportunidade para aquela pessoa aumentar sua exposição e mostrar seu trabalho. Ela tem potencial técnico para executar a tarefa, porém sente-se demasiadamente insegura ao ponto de que sua ansiedade subiu para níveis muito superiores, fazendo com que ela não se sinta capaz de executar a tarefa. O medo acaba tomando conta e a pessoa não consegue raciocinar para fazer um bom trabalho. Ou seja, a insegurança excessiva acabou atrapalhando a vida daquela pessoa.

Como identificar se sou inseguro?

Pessoas inseguras convivem lado a lado com o medo. Medo intenso de falhar e de não corresponder às expectativas dos outros, seja do seu parceiro, do seu pai, do seu chefe ou de qualquer outra pessoa. Por conta disso, elas têm dificuldades de expressar seus sentimentos e pensamentos, pois não querem correr o risco de serem rejeitadas.

É comum vermos pessoas que no trabalho são absolutamente seguras mas que em suas vidas pessoais, principalmente no que tange à relacionamento afetivos, são extremamente inseguras. E o inverso também é comum.

Timidez, arrogância e antipatia muitas vezes escondem uma pessoa insegura, pois são estratégias compensatórias que são aprendidas no decorrer das experiências de vida de cada um, sendo muitas vezes adotada como um padrão de comportamento, o que impede que a pessoa entre em contato com sua insegurança e mude esse padrão, o que significa sair da zona de “conforto” que de confortável não tem nada.

Como vencer a insegurança?

Se você se sente como uma pessoa insegura e está lendo esse texto, então você já deu o primeiro grande passo: procurar ajuda para promover mudanças.

Evidentemente que cada caso é um caso único e especial, com todas as suas particularidades. Mas a ajuda de um profissional, um psicólogo, certamente também lhe será muito útil. A experiência do psicólogo o auxiliará a desenvolver as suas competências, através de técnicas variadas para que o enfrentamento das situações incômodas e difíceis possa ser gerenciado com menos sofrimento ou medo.

Quem leu esse texto também se interessou por: 

Outros textos que podem lhe interessar


  • Psicossomatização

    O que é e como acontece


  • Avaliação Psicológica

    Quando é necessária e como funciona


  • Tipos de Compulsão

    Os tipos mais comuns de compulsão e como proceder

Autora: Thaiana F. Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.