Depressão: Sintomas e Tratamento

Depressão Tratamento

O que é depressão e como buscar ajuda?

Depressão não é tristeza. Depressão é uma doença e como toda doença precisa de tratamento. No ano passado, centros de estudo de psicologia se reuniram e chegaram à conclusão que quase 20% da população irá sofrer com o transtorno, apresentando sintomas que podem prejudicar diversas áreas da vida, como o campo profissional, o âmbito amoroso, a socialização e até mesmo a saúde do indivíduo.

A situação é ainda mais recorrente para quem já sofreu algum episódio, apresentando cerca de 50% de chance de passar pelo processo novamente. Quem teve dois episódios, tem 70% e acima de três, o número sobe para 90%.

Sintomas

O reconhecimento da doença é a parte mais complicada antes de chegar ao diagnóstico e prescrever o tratamento. Dados revelam que quase metade dos indivíduos que apresentam o transtorno, não são diagnosticados e tratados.

Os sintomas variam entre irritabilidade excessiva, ansiedade prolongada e angústia aguda; desânimo intenso e necessidade de grande esforço para realizar atividades antes corriqueiras e fáceis; incapacidade de sentir alegria em atividades consideradas prazerosas, desinteresse pelo mundo, apatia; sentimentos de desespero, desamparo, insegurança, culpa desnecessária, baixa autoestima, pensamentos de fracasso e morte; dificuldade de concentração e raciocínio; diminuição ou ausência de libido; perda ou aumento súbito de apetite; insônia, aumento do sono, indisposição, despertar dificultoso; dores físicas sem justificativas médicas, como ânsia, enxaquecas, tensão nos músculos, pressão no peito, sensação de corpo pesado, dores de barriga e na barriga e outras.

Tratamento de Depressão

Embora exista mais de 30 antidepressivos disponíveis no mercado farmacêutico, o tratamento inicial – e muitas vezes único – da doença é feito por meio da terapia, processo que envolve um conjunto de técnicas aplicado por um profissional capacitado. O psicólogo é quem conversa com o paciente nas sessões, o ajuda a identificar os fatores que levaram ao agravamento da doença e como contornar essas situações. Tais causas geralmente estão associadas à hereditariedade e desbalanceamentos químicos.

O terapeuta auxilia o indivíduo depressivo a fazer reflexões e entender seus comportamentos, emoções e pensamentos que estão contribuindo para que o transtorno se intensifique. Eventos da vida também são identificados nesse processo, como uma perda de um ente querido, uma separação e outros problemas. Com as sessões, o paciente é capaz de recuperar o prazer em viver, o sentimento de controle sobre a vida e passará a lidar melhor com os obstáculos do cotidiano.

Sintomas de Depressão
Você supõe que esteja depressivo?
Todos nós, de vez em quando, nos sentimos melancólicos ou tristes, mas estes sentimentos geralmente são temporários e desaparecem dentro de alguns dias. Um psicólogo consegue identificar quando um paciente passa a ter um transtorno depressivo e faz a leitura correta da melhor forma de tratar a doença…
Depressão - Sintomas e Tratamento
Sintomas e Tratamento
Você sabe identificar a possibilidade de uma pessoa estar com depressão? Fique atento aos sintomas. Se a pessoa por duas semanas e sem motivos recentes, apresentar…
Sentir-se incapaz
Insegurança, complexo de inferioridade ou depressão?
Quem nunca parou para pensar o quanto a vida pode fazer com que a gente se sinta incapaz de executar as tarefas mais simples? Pequenos desastres e acontecimentos que não estavam no cronograma podem fazer com que você comece a pensar coisas ruins sobre si próprio…
Depressão pós-parto
A depressão pós-parto é um dos transtornos de humor mais recorrentes que surgem após a gravidez
Psicólogos e obstetras concordam em afirmar que a causa primária da depressão pós-parto é a enorme queda hormonal logo após o nascimento do bebê. Há também fatores psicossociais que influenciam no desencadeamento do distúrbio. Mudanças, doenças, falta de apoio do parceiro, dificuldades financeiras e isolamento social podem afetar negativamente o estado mental da mulher…
Rejeição
Como lidar com a rejeição?
Uma rejeição, seja do tipo que for, dói. Uma demissão do trabalho, um término de relacionamento ou uma proposta negada geram sentimentos negativos e são capazes de deixar até a pessoa mais confiante para baixo. Hoje, mais do que nunca, estamos suscetíveis e expostos a situações de risco de…
Excesso de Sono
O que caracteriza o excesso de sono?
Todos nós já passamos da hora algumas vezes (se não muitas) ou sentimos um excesso de fatiga durante o dia – este último nos torna completamente improdutivos. Porém ter sono demais não é brincadeira. A quantidade de horas de sono que necessitamos difere de pessoa para pessoa, podendo mudar ao longo da vida. No entanto…
Depressão em adolescentes
O diagnóstico pode ser um pouco complicado.
A adolescência é uma fase de complicada, de muitas descobertas, transições e conflitos. Por isso, é comum que o adolescente apresente algumas mudanças comportamentais características da idade. No entanto, essa fase também é um momento da vida vulnerável à depressão e, justamente pelas crises normais da adolescência…
Depressão é possível tratar
Depressão não é tristeza, é doença e precisa de tratamento.
É um distúrbio afetivo que leva a pessoa a sentir-se pessimista, desanimada e com baixa autoestima. Nesses casos, um diagnóstico correto é imprescindível para começar o tratamento dessa doença, com a ajuda de um psicólogo e de medicamentos…
Depressão em crianças
Existe depressão Infantil?
A depressão é uma palavra muitas vezes banalizada, mas, na verdade, se trata de uma doença grave que pode prejudicar muito a vida da pessoa se não for tratada corretamente. Mas, existe depressão em crianças? Sim, a doença pode acontecer em qualquer fase da vida, só é mais difícil de identificar essa situação na infância…

Quem é o psicólogo?

O profissional capacitado para administrar a terapia é o psicólogo, especialista na mente do ser humano e capaz de tratar distúrbios mentais ou emocionais. A psicoterapia (da psicologia) é a mais utilizada para casos de depressão, auxiliando na reestruturação psicológica do paciente e aumentando sua compreensão sobre a doença e os conflitos.

Dicas

O indivíduo precisa colaborar para que o tratamento seja realmente eficaz e completo, comparecendo às sessões, mudando hábitos de vida, realizando atividades físicas, dormindo de seis a oito horas diárias, mantendo uma alimentação equilibrada, evitando consumo de álcool e cigarro e outras mudanças no dia a dia.

Manter o tempo indicado de tratamento é igualmente essencial para que a técnica surta o efeito desejado. 1/3 dos pacientes interrompe recomendações médicas por conta própria após perceber alguma melhora, tendo chances de haver recaídas e o problema ser ainda pior.

Psicólogos que atendem pacientes com queixa de Depressão:

Conheça o perfil da cada psicólogo que atende casos de Depressão na página Psicólogos. Você poderá ver as especializações, os textos individuais, além de saber o valor das consultas e agendar sua sessão.

Autora: Thaiana F. Brotto(Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.