O que é Depressão

O que é Depressão

Depressão é uma doença e precisa de tratamento. Há estudos que mostram que a cada dez pessoas uma ou duas vão apresentar depressão em algum momento na vida.

Muitas pessoas acham que tristeza é depressão ou vice-versa: não é. Entenda mais sobre os sintomas e o tratamento a seguir.

Você sabe identificar a possibilidade de uma pessoa estar com depressão?

Fique atento aos sintomas. Se a pessoa por duas semanas e sem motivos recentes, apresenta:

  • Humor deprimido na maior parte do dia e quase todos os dias sendo expressado por tristeza ou irritabilidade;
  • Falta de interesse nas atividades que costuma exercer;
  • Grande perda de peso;
  • Insônia ou hipersonia;
  • Agitação ou retardo psicomotor quase todos os dias;
  • Perda de energia ou fadiga;
  • Excesso de culpa e sentimentos de inutilidade;
  • Dificuldade em se concentrar;
  • Vontade de não viver mais.

A partir de 5 sintomas, é bem provável que essa pessoa precise da ajuda de um profissional. Porém, é necessário o psicodiagnóstico completo para termos certeza do quadro.

O tratamento

Uma vez identificado o transtorno depressivo, começa-se o tratamento psicológico, podendo este acontecer em conjunto com o a farmacoterapia, se necessário. As psicoterapias orientadas à depressão são mais efetivas! Este estilo de terapia foca nos sintomas do transtorno, onde o psicoterapeuta, após uma avaliação psicológica e o psicodiagnóstico feito, estabelecerá junto ao paciente os objetivos do tratamento e desenhará um plano de tratamento focando nesta solução.

Costuma-se aplicar um inventário de humor periodicamente, assim temos uma visão cronológica de como está acontecendo os resultados. Desta forma, conseguimos analisar o desempenho do paciente e juntos discutir sobre tais resultados e possíveis dificuldades encontradas no meio do caminho, a fim de solucioná-las.

Existe cura para os sintomas da depressão. Por isso, a importância da nossa parceria, psicólogo e paciente. Quando os dois se desempenham para a melhora, o resultado é o sucesso do tratamento. O cumprimento integral do tratamento é necessário para uma bem-sucedida recuperação.

Autora: Leticia Marques (Psicóloga CRP 06/114273)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.