Ansiedade

Ansiedade

Será que preciso de ajuda?

A ansiedade é um dos problemas psicológicos que mais afeta os jovens e adultos de hoje em dia. Ela pode ser causada e agravada pelos fatores cotidianos que todos enfrentamos: a pressão para passar no vestibular, o medo de perder o emprego, os conflitos na família. Assim como o estresse, a ansiedade é, de certa forma, uma reação do corpo ao perigo. Todos nós somos ansiosos, em uma escala menor ou maior. A melhor forma de administrar essa questão e controlar o que sentimos é através da ajuda de um psicólogo. Mas como saber o momento em que a ansiedade deixa de ser algo comum e passa a se tornar perigosa? Tire suas dúvidas abaixo!

Ansiedade é algo normal?

Sentir-se ansioso é, sim, algo bastante natural. Mesmo crianças bem pequenas ficam ansiosas – se comportam de maneira agitada antes de sua festa de aniversário, se arrumam bem rápido para ir para a escola no primeiro dia de aula, etc. A ansiedade tem a ver com nossa percepção do futuro e o quanto queremos (ou não) que ele chegue.

Antes de um grande evento, todos ficam ansiosos. Mas essa é uma ansiedade comum, que não precisa ser tratada.

Como é a ansiedade patológica?

A ansiedade patológica, diferentemente da comum, deve ser tratada com um psicólogo. Uma pessoa com transtorno de ansiedade passa por muitos desconfortos, a ponto de prejudicar a sua vida cotidiana. A ansiedade também pode ser um sintoma de outros transtornos, como o Transtorno de Pânico, Estresse Pós-Traumático e TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo).

Enquanto a ansiedade comum faz as pessoas agirem mais rápido, porque ficam eufóricas, a ansiedade patológica tem o efeito contrário: pessoas com esse tipo de ansiedade acabam não conseguindo executar tarefas simples do dia a dia, como ir ao trabalho ou fazer uma pesquisa para a faculdade, porque se sentem ansiosas demais e acabam “travando” na hora de desenvolvê-las.

Ansiedade tem sintomas físicos?

Mesmo no caso de uma ansiedade comum já é possível perceber sintomas físicos: o coração bate mais rápido, as palmas das mãos ficam suadas, etc. Quando a ansiedade é um problema patológico, é normal que a pessoa sinta insônia, dor no peito, arritmia cardíaca e falta de ar. Algumas pessoas também relatam formigamentos na pele e visão escurecida quando estão em uma cris

Quando é preciso buscar ajuda?

A ansiedade patológica precisa, sim, ser tratada por um especialista. Ainda que você sinta que pode controlá-la por um tempo, um psicólogo irá ajudar a compreendê-la, o que é um ótimo primeiro passo para controlá-la. Ele auxilia a encontrar o que, na sua vida, pode estar causando essas reações e quais consequências práticas a ansiedade está trazendo para você.

Quando não tratada, a ansiedade traz danos imensuráveis. Ela afeta a vida pessoal e profissional do indivíduo, incapacitando-o em momentos cruciais, em ocasiões inesperadas. Por isso, procurar um psicólogo é a melhor solução.

A ansiedade é um dos nossos males modernos. Como o estresse, ela nos envolve no dia a dia e, se não agirmos com cuidado e buscarmos ajuda, pode tomar conta de toda a nossa vida.

Se você tem algum sintoma da ansiedade patológica, não tenha medo ou vergonha de pedir ajuda. Passar por um tratamento é melhor do que continuar se sentindo impedido de fazer suas tarefas e buscar seus objetivos por causa de um inimigo invisível. Entre em contato conosco e poderemos ajudá-lo.

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.